Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Após reclamar no Twitter, Márcio Rosário é afastado no Botafogo

Zagueiro tem contrato até o final de junho, mas renovação se tornar improvável após caso de indisciplina

Renan Rodrigues, iG Rio de Janeiro |

Uma atitude inpensada pode ter definido o futuro do zagueiro Márcio Rosário no Botafogo. Após ter postado uma mensagem no Twitter, na tarde desta quarta-feira, reclamando de ter ido para a reserva e ameçando deixar o clube, o jogador foi afastado do elenco e terá que treinar separadamente. Quem fez o anúncio foi o gerente de futebol do Botafogo, Anderson Barros.

"Tomamos uma decisão rapidamente. O jogador está afastado do elenco principal e fará treinos separados até que sejam tomadas outras atitudes. O Botafogo sempre vai respeitar a liberdade de expressão, mas vai se posicionar sempre que entender que há desrespeito. A atitude do jogador foi grave, e com certeza ela terá um peso importante na decisão de renovar seu contrato ", declarou Anderson Barros.

Reprodução
Jogador reclamou de ter sido barrado
Márcio Rosário tem contrato com o Botafogo até junho e ainda não havia discutido a renovação com o clube. O zagueiro foi barrado pelo técnico Caio Júnior depois de uma atuação ruim no empate de 1 a 1 contra o Resende, no último domingo e postou a seguinte mensagem: "Vou cumprir os três meses de contrato que tenho e vou embora. Não fico!". João Filipe ficou com a vaga e foi titular na vitória por 3 a 0 sobre o Paraná, na noite desta quarta-feira.

O Botafogo já havia estabelecido que não toleraria mensagens nas páginas dos jogadores, que tivessem referência ao ambiente de trabalho. A medida foi tomada em janeiro, após o atacante Caio ter reclamado de ter que marcar o lateral adversário na partida contra o Olaria, no dia 29 de janeiro.

 

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG