Tamanho do texto

Zagueiro tem contrato até o final de junho, mas renovação se tornar improvável após caso de indisciplina

Uma atitude inpensada pode ter definido o futuro do zagueiro Márcio Rosário no Botafogo . Após ter postado uma mensagem no Twitter, na tarde desta quarta-feira, reclamando de ter ido para a reserva e ameçando deixar o clube, o jogador foi afastado do elenco e terá que treinar separadamente. Quem fez o anúncio foi o gerente de futebol do Botafogo, Anderson Barros.

"Tomamos uma decisão rapidamente. O jogador está afastado do elenco principal e fará treinos separados até que sejam tomadas outras atitudes. O Botafogo sempre vai respeitar a liberdade de expressão, mas vai se posicionar sempre que entender que há desrespeito. A atitude do jogador foi grave, e com certeza ela terá um peso importante na decisão de renovar seu contrato ", declarou Anderson Barros.

Jogador reclamou de ter sido barrado
Reprodução
Jogador reclamou de ter sido barrado
Márcio Rosário tem contrato com o Botafogo até junho e ainda não havia discutido a renovação com o clube. O zagueiro foi barrado pelo técnico Caio Júnior depois de uma atuação ruim no empate de 1 a 1 contra o Resende, no último domingo e postou a seguinte mensagem: "Vou cumprir os três meses de contrato que tenho e vou embora. Não fico!". João Filipe ficou com a vaga e foi titular na vitória por 3 a 0 sobre o Paraná , na noite desta quarta-feira.

O Botafogo já havia estabelecido que não toleraria mensagens nas páginas dos jogadores, que tivessem referência ao ambiente de trabalho. A medida foi tomada em janeiro, após o atacante Caio ter reclamado de ter que marcar o lateral adversário na partida contra o Olaria, no dia 29 de janeiro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.