Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Após queda, Maradona apresenta denúncias contra ex-diretores do River

Clube foi rebaixado no Campeonato Argentino pela primeira vez na história no último domingo. Acusação envolve Julio Grondona

iG São Paulo |

Dois dias após o empate que selou a inédita queda do River Plate para a segunda divisão do Campeonato Argentino , Diego Maradona apresentou grave denúncia contra ex-diretores do clube. Segundo informaram fontes judiciais, o ex-craque afirmou que uma suposta "adminstração fraudulenta" permitiu o rebaixamento. A acusação envolve também Julio Grondona, presidente da AFA (Associação do Futebol Argentino).

Grondona e o ex-presidente do River Plate, José María Aguilar, dentre outros antigos dirigentes do time, são supostamente responsáveis por cometer "numerosos delitos" que "respondem a uma conduta de omissões injustificada, estipulada ou premeditada", disse Alejandro Sánchez, advogado de Maradona, ao canal argentino C5N.

"Os responsáveis pela condução do River Plate e também pela entidade que rege o futebol argentino foram ilícitos e prejudicaram o patrimônio do clube", disse Sánchez. "Diante dessa situação, é imprescindível a intervenção da Justiça".

Aguilar presidiu o River Plate entre 2001 e 2009, quando foi sucedido pelo ex-treinador Daniel Passarella, que em várias ocasiões denunciou ter herdado uma grave situação econômica. Recentemente, Maradona trocou farpas com Grondona e nos últimos dias lamentou a grave situação do River Plate.

*Com EFE

Leia tudo sobre: futebol mundialargentinariver plate

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG