Apresentação do argentino está marcada para sexta, mas regularização dos documentos deve atrasar estreia

O atacante Hernán Barcos teve seu primeiro contato em campo com os novos companheiros de Palmeiras na tarde da última segunda. O argentino trabalhou junto com os jogadores que não foram aproveitados na vitória do Palmeiras sobre o Bragantino . El Pirata, como é conhecido, fez exercícios com a bola e até participou do tradicional “bobinho”, sempre observado pelo técnico Luiz Felipe Scolari . Após o treino, o reforço bateu papo rápido com o iG e deu suas primeiras impressões sobre a Academia de Futebol.

Veja também: Triste com a saída de Kleber, Valdivia diz ter mudado

“Impressionante. É tudo muito bom”, disse o argentino, contratado após excelente passagem pela LDU, do Equador, clube pelo qual marcou 53 gols em 92 jogos e conquistou dois títulos: o Equatoriano-2010 e a Copa Sulamericana-2010. “A verdade é que estou muito feliz aqui”, completou o argentino, que custou US$ 4 milhões de dólares (cerca de R$ 7 milhões) aos cofres do clube. O Palmeiras adquiriu 70% de seu passe – os 30% restantes ainda são da LDU. Seu último jogo, aliás, foi pela equipe de Quito: no dia 19 de dezembro, ele esteve em campo no empate contra o El Nacional, que tirou a equipe branca da Copa Libertadores 2012.

Leia ainda: Valdivia pede para diretoria falar menos e diz que comprou bicicleta

Ainda sem contrato assinado, a atacante confirmou que deve formalizar seu vínculo com o clube do Palestra Itália nesta terça-feira. “Tem tudo para ser assim”, afirmou Barcos, que é visto como a solução para o problema da falta de gols que o Palmeiras enfrenta desde o ano passado. Apesar da boa impressão deixada no Equador, o iG Esporte já mostrou que o atacante alternou sucessos e fracassos em outras passagens internacionais . Ele está se naturalizando equatoriano para jogar pela seleção do país.

E mais: Valdivia cobra reforços da diretoria do Palmeiras

A apresentação oficial do reforço está marcada para esta sexta-feira, na Academia de Futebol. Porém, a regularização dos vistos de trabalho devem atrasar sua estreia pelo Palmeiras – mesmo caso do zagueiro Román , que teve que viajar ao Paraguai para acertar sua situação. Para os próximos jogos do Palmeiras no Campeonato Paulista ( Portuguesa , nesta quarta-feira, e Catanduvense, no próximo domingo), os atletas estrangeiros ainda são carta fora do baralho.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.