Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Após pôr elenco à venda, presidente do América-MEX pede demissão

Michael Bauer resolveu pedir pra sair depois que o time teve menos de 30% de aproveitamento no Apertura

Gazeta |

Michael Bauer, presidente do América do México, foi outro a não suportar a má fase do clube no Torneio Apertura, em que ocupa a penúltima colocação com apenas 15 pontos dos 51 disputados, menos de 30% de aproveitamento na competição, e pediu demissão do cargo nesta terça-feira.

Mesmo sem o risco de ser rebaixado para a Segunda Divisão, já que o Campeonato Mexicano utiliza a lógica das campanhas das equipes nas últimas seis temporadas, o time já não trabalha mais com a possibilidade de se classificar para a Copa Libertadores de 2012, e promete uma reforma completa de olho no Torneio Clausura.

Nesta segunda-feira, o site oficial do clube divulgou uma nota colocando todos os jogadores do elenco à disposição para transferências, inclusive o brasileiro Rosinei, que já vestiu as camisas de Corinthians e Internacional no Brasil, e Real Múrcia, da Espanha.

Considerado um dos piores presidentes da história do clube pelo fato, em três anos e meio, não ter alcançado nenhuma final de campeonato, Michael Bauer se tornou a principal vítima dos protestos da torcida após a decisão de se livrar dos jogadores, e não suportou a pressão.

Leia tudo sobre: futebol mundialméxico

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG