Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Após plano D fracassar, Santos busca quinta opção para treinador

Além de Ney Franco recusar convite, o clube ouviu um “não” de Abel Braga, Paulo Autuori e Dunga

Samir Carvalho, iG Santos |

Após a CBF emitir um comunicado oficial no qual afirma que Ney Franco continuará dirigindo as seleções brasileiras de base, o Santos recebeu o quarto “não” de um treinador e vai partir para sua quinta opção em busca de um substituto para Adilson Batista, demitido no último domingo.

"Ney Franco deixa claro assim que vai continuar com exclusividade à frente das divisões de base da CBF, apesar de se dizer gratificado com o convite do Santos, para desenvolver um trabalho que vem executando com todo apoio da entidade", disse o comunicado da entidade.

Antes de Ney Franco, que passou a ser visto como a solução perfeita pelos dirigentes santistas, o clube ouviu um “não” de Abel Braga, do Al Jazira, dos Emirados Árabes, de Paulo Autuori, do Al Rayyan, do Catar, e de Dunga, ex-técnico da seleção brasileira.

O iG apurou entre os dirigentes do clube, que o Santos apostava tudo na contratação de Ney Franco, e que uma recusa do treinador deixaria a diretoria perdida na busca de um novo comandante, fato confirmado na noite desta quinta-feira.

Photocamera
Dirigentes santistas sonham com Muricy
Agora, resta ao Santos sonhar com Muricy Ramalho, do Fluminense. Porém, a diretoria santista não acredita na demissão do treinador pelo clube carioca, apesar dos resultados negativos de sua equipe na Copa Libertadores da América. Sérgio Guedes, demitido da Portuguesa recentemente, também foi cogitado durante as reuniões em busca de um treinador.

Além de Muricy e Guedes, dois treinadores estrangeiros também foram especulados: o ex-técnico do Internacional, de Porto Alegre, Jorge Fossati, e o argentino Marcelo Bielsa, que comandou a seleção chilena na última Copa do Mundo.

Após o empate com gosto de derrota por 1 a 1 diante do Cerro Porteño na última quarta-feira, aumentou a pressão da diretoria em busca de um substituto para Adilson. Isso porque, o Santos trata o duelo contra o Colo Colo no dia 16 de março, no Chile, como uma “final” de Libertadores, já que a equipe não venceu na competição. O clube, inclusive, já confirmou a volta de Ganso para o duelo contra os chilenos.

 


 

Leia tudo sobre: santosney francoabel bragadungapaulo autuorimuricy

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG