Atacante marcou no coletivo vencido pelos titulares e espera começar jogando contra o Corinthians

Sonho de consumo de Celso Barros, presidente da patrocinadora do Fluminense , Araújo chegou ao clube em janeiro com status de craque, mas ainda não vingou. Sem muitas oportunidades com Muricy Ramalho e Enderson Moreira, o atacante, que tinha proposta para voltar ao Qatar, pensou em deixar às Laranjeiras, mas a chegada de Abel Braga o fez mudar de ideia. E a escolha foi recompensada. Titular no coletivo desta quinta-feira, o jogador marcou um dos gols na vitória de 4 a 1 sobre os reservas e espera agarrar de vez a chance na equipe.

“Desde que cheguei disse que viria para ficar. A possibilidade de voltar ao exterior surgiu porque não estava sendo aproveitado e não queria ficar sem jogar e recebendo salários. Conversei com Celso e disse que nunca cobrei ser titular, só queria ter uma chance. Agora mais do que nunca o meu pensamento é jogar e agarrar a oportunidade se ela realmente vir contra o Corinthians”, disse Araújo.

Siga o iG Fluminense no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

Nitidamente desmotivado nos últimos dias de Muricy Ramalho no clube e, principalmente, sob o comando de Enderson Moreira, o atacante afirma que a chegada de Abel deu novo ânimo e devolveu a confiança aos jogadores que não vinham sendo utilizados.

“Estou treinando muito para aproveitar a oportunidade. Estou me sentindo bem e espero melhorar ainda mais para ganhar uma chance. É importante ter a confiança de Abel, a concentração muda. Qualquer mudança traz nosso ânimo, principalmente para quem não vinha jogando. Eu estou motivado e espero emplacar com a camisa do Fluminense”, afirmou o atacante.

Das três primeiras partidas do Campeonato Brasileiro, Araújo só foi aproveitado na vitória de 2 a 1 sobre o Cruzeiro . Não, por acaso, já sob o comando de Leomir , auxiliar técnico de Abel Braga. A atacante até reconhece que está sem ritmo de jogo, mas afirma que já está cem por cento fisicamente.

“Senti um pouco de dificuldade no início por não ter feito a pré-temporada. Mas já consigo me ver melhor agora, até mais do que no começo do ano. Principalmente nessas duas semanas de treino. Ritmo de jogo só atuando. E quero aproveitar a oportunidade para mostrar o que sei fazer”, disse o atacante.

“Entre para a Torcida Virtual do Fluminense e convide seus amigos”

Perguntado se os jogadores do Fluminense estão preparando uma comemoração especial em resposta às provocações de Emerson , que disse que se marcasse contra o ex-clube daria até cambalhota , o atacante preferiu fugir da polêmica. Porém, não descartou fazer a dança que aprendeu no Oriente Médio e que costuma animar o grupo durante os treinamentos.

“O Emerson é passado. Nós estamos pensando apenas em fazer um grande jogo e vencer o Corinthians . É sempre importante fazer gol, mas ainda não sei como vou comemorar. Os jogadores querem que eu faça a dança, mas isso só tem como pensar na hora (risos)”, explicou o jogador.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.