Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Após 'nó tático', Caio Júnior elogia o treinador do Vasco

Adversário do Botafogo atuou sem centroavante de ofício e com três volantes para marcar os meias

Gazeta |

nullA mudança inovadora que o técnico Cristóvão Borges, do Vasco, promoveu no esquema tático de sua equipe arrancou elogios até mesmo do derrotado Caio Júnior. Sem conseguir superar a forte marcação adversária, o treinador do Botafogo elogiou seu adversário após o duelo entre os cariocas.

Veja mais: Botafogo é o quinto colocado no Brasileirão. Tenha a tabela atualizada

"A ideia do Cristóvão foi inteligente. Quando você muda alguma coisa e não dá certo, você corre sempre esses riscos. É o preço que o treinador paga. Eles fizeram o gol justamente em cima dessa ideia de fechar o lado do campo e jogar no contra-ataque", admitiu Caio Júnior.

Leia também: Técnico do Vasco explica mudança tática na vitória sobre o Botafogo

Ao contrário do típico 4-4-2 que era esperado, o time de São Januário entrou com três volantes à frente da zaga, enquanto Felipe fazia a função de armador da equipe e os laterais ganhavam maior liberdade para avançar em direção ao ataque. Superior em campo durante toda a partida, o Vasco também aproveitou as falhas defensivas de seu adversário para marcar os dois gols do jogo e consolidar a vitória no Engenhão.

Veja também: Para Caio Júnior, jovens não estão sabendo lidar com a pressão

Mesmo com a expulsão do volante Rômulo, durante o segundo tempo, o Botafogo não conseguiu furar a retranca vascaína e sofreu com os contra-ataques armados pelo lateral direito Fágner. Agora, a equipe tentará corrigir os erros cometidos no clássico para voltar a vencer na quarta-feira, quando enfrentará o América-MG, em Minas Gerais.

Entre para a Torcida Virtual do Botafogo e comente a derrota para o Vasco

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG