Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Após negativa do City, Tevez critica diretoria e pede outra vez para ser negociado

Mau relacionamento com parte da cúpula do time inglês seria o principal motivo para insatisfação do atacante

Gazeta Esportiva |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237882588866&_c_=MiGComponente_C

O argentino Carlitos Tevez foi impedido de deixar o Manchester City após pedir para a própria diretoria para trocar de equipe. A negativa oficial dos dirigentes gerou a ira do ex-atacante do Corinthians, que disparou críticas contra os diretores e pediu, mais uma vez, para mudar de time na próxima janela de transferências.

AFP
Argentino Tevez definiu a recusa do City em negociá-lo como lamentável

"Meus sentimentos a esse respeito não mudaram, e é lamentável que as coisas tenham chegado a este ponto. Mas isso é algo que eu venho sentindo há muito tempo e passei muitas horas pensando nessa decisão", afirmou o jogador, em comunicado oficial.

Um dos motivos principais seria o mau relacionamento com parte da cúpula do time inglês, que seria irreversível. "A minha relação com alguns dos executivos do clubefoi quebrada e não tem mais conserto. Eu sinto muito fortemente as sugestões da administração, que foi indevidamente influenciada por outras pessoas", explicou.

Tevez aproveitou, ainda, para ressaltar que o técnico do City não lhe causa incômodo algum. "Gostaria de esclarecer que não tenho nenhum problema pessoal com Roberto Mancini. E também agradecer ao Shiek Mansour pelo apoio", completou.

Tevez também chiou quando atuava pelo Manchester United, arquirrival do City, mas na época era um reserva de luxo dos atacantes Berbatov e Rooney. No time azul, é titular absoluto e capitão, quando não está lesionado, e marcou 33 gols em 50 partidas. O Corinthians é um dos clubes interessados na contratação do argentino, que completa 27 anos no próximo mês de janeiro.

Leia tudo sobre: futebol internacionalinglaterrainglês 2010

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG