Clube recusou proposta de R$ 9, 2 milhões pelo goleiro, que terá o salário reajustado

O goleiro Rafael permanecerá no Santos pelo menos até o final desta temporada. O Santos  recusou uma proposta de 4 milhões de euros (R$ 9,2 milhões) do Palermo, da Itália, pelo jogador. Para segurar o jogador, os dirigentes santistas reajustaram o salário do atleta, porém o tempo de contrato não foi alterado e o vínculo permanece até o fim de 2014.

Entre para a Torcida Virtual do Santos e convide seus amigos

A ideia do clube italiano era pagar o montante por 70% dos direitos econômicos do atleta. O Santos detém 85% dos direitos de Rafael. O restante pertence ao próprio jogador. Além do Palermo, representantes da Roma, da Itália, também vieram ao Brasil para negociar a contratação do jogador.

Siga o Twitter do iG Santos e receba notícias do time em tempo real

“Nós recusamos a proposta de 4 milhões de euros do Palermo por 70% do Rafael. Está também acertado verbalmente a valorização salarial do jogador. O Rafael quer ficar e isso facilita o acordo. Não devemos mexer no tempo de contrato, mas vamos valorizar o jogador, que é algo justo”, afirmou o diretor de futebol do Santos, Pedro Luis Nunes Conceição.

Após a vitória do Santos contra o Fluminense por 2 a 1 na última quarta-feira, na Vila Belmiro, o técnico Muricy Ramalho já comemorava a permanência do camisa 1.

“Estamos nos recuperando no campeonato. Passamos por um momento de transição que não é fácil. Muita indefinição quanto aos jogadores. O Rafael vai ficar, é um jogador muito importante. Vamos fazer um grande segundo turno”, disse o treinador.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.