Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Após muita espera, São Paulo pega a Ponte sonhando com o camisa 10

O meia Jadson, contratação mais cara do São Paulo na temporada, é a principal arma da equipe para vencer a partida deste domingo

João Pontes, iG São Paulo |

Vipcomm
Jadson recebeu a camisa do Sâo Paulo de Raí, um dos maiores ídolos da história do clube
Desde a saída do meia Danilo, em dezembro de 2006, o São Paulo sente a falta de um camisa 10 de origem. Após cinco anos de espera, o clube do Morumbi, finalmente, contratou um jogador com potencial para tomar conta da posição.

Neste domingo, contra a Ponte Preta, às 19h30 (horário de Brasília), em Campinas, o meia Jadson estreia pelo clube do Morumbi. O jogador, que estava no Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, foi a principal contratação da equipe na temporada.

Leia mais: Villarreal quer negociar Nilmar com o São Paulo

Após uma longa novela, a equipe brasileira pagou cerca de R$ 9 milhões ao time ucraniano e cedeu 30% dos direitos econômicos do volante Wellington. Depois, para celebrar a contratação, o novo reforço recebeu a camisa 10 de Raí, um dos maiores ídolos da história do São Paulo.

“Foi muito emocionante receber a camisa das mãos do Raí. Vou enfrentar um novo desafio, mas estou tranquilo. Conheço meu potencial e sei o que posso fazer para ajudar a equipe. Existe uma ansiedade, mas logo vai chegar a hora de entrar em campo e ajudar os meus companheiro”, disse.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Como não participou da pré-temporada, realizada em Cotia, Jadson treinou forte no Centro de Treinamento da Barra Funda, durante as duas últimas semanas, para entrar em forma.

“Parece que foi uma eternidade, mas era necessário fazer isso. Fui contratado há 22 dias e, nas últimas duas semanas, trabalhei sempre em dois períodos para estar bem na estreia. Eu tenho condições de atuar o jogo todo", comentou.

Leia também: Revelado na Ponte, Denis encara o ex-time

Agora, o primeiro objetivo do camisa 10 pelo São Paulo é recolocar a equipe na liderança do Campeonato Paulista. Para isso, além de vencer a Ponte Preta, os comandados do técnico Emerson Leão precisam torcer por um tropeço do Corinthians contra o Bragantino.

Já o time de Campinas, embalado pela sequência de três vitórias seguidas na competição, conta com a força de sua torcida para vencer a partida e superar o São Paulo na tabela de classificação.

“Vamos entrar focados para não cometermos erros e ganhar os três pontos. No domingo, a nossa torcida vai ter de fazer a diferença. Esperamos o Moisés Lucarelli lotado para empurrar o nosso time”, disse Gilson Kleina, técnico da Ponte.

Ficha: Ponte Preta x São Paulo

Local: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)
Data: 5 de fevereiro de 2012, domingo
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Vinicius Furlan (SP)
Assistentes: David Botelho Barbosa (SP) e Bruno Salgado Rizo (SP)

PONTE PRETA: Lauro; Guilherme, Wescley, Ferrón e Uendel; Xaves, João Paulo, Willian Magrão e Renato Cajá; Rodrigo Pimpão e Leandrão
Técnico: Gilson Kleina

SÃO PAULO: Denis;Piris, Paulo Miranda, Rhodolfo e Bruno Cortês; Casemiro (Jadson), Wellington, Cícero e Lucas;Willian José e Fernandinho
Técnico: Emerson Leão

Entre para a torcida virtual do São Paulo:
 

 

Leia tudo sobre: São PauloPonte PretaPaulistão 2012Jadson

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG