Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Após marcar gol da vitória, Henrique não descarta ser emprestado

Atacante diz ter condição de brigar por posição no São Paulo, mas admite possibilidade de deixar o clube

Levi Guimarães, iG São Paulo |

O atacante Henrique marcou neste domingo seu primeiro gol com a camisa do São Paulo em 2011. Um gol importante, já que definiu a vitória por 1 a 0 sobre o Grêmio Prudente e garantiu a permanência do clube na liderança do Paulistão. Mas, apesar do momento de destaque, o jogador não descarta a possibilidade de deixar o clube em breve.

Henrique não vem tendo muitas oportunidades com o técnico Paulo César Carpegiani, já que os titulares do ataque são Dagoberto e Fernandinho e, quando os dois não podem jogar, o treinador utiliza como reserva imediatos Willian José e Marlos. Por isso, um empréstimo poderia ser a solução para o jogador adquirir maior experiência de jogo.

“Não descarto a possibilidade de ser emprestado porque acho que jogador da minha idade tem que jogar para evoluir. Dependendo do que o Carpegiani e a diretoria decidirem eu posso sair, mas prefiro ficar no São Paulo e buscar o meu espaço. Se não for possível eu saio para voltar depois”, afirmou.

nullA concorrência no ataque deve aumentar ainda mais nas próximas semanas, com a chegada de Luis Fabiano e a volta de Fernandão, que atualmente se recupera de lesão na coxa esquerda. Mas, apesar de valorizar muito o novo reforço, Henrique não aponta esse como principal motivo para uma possível saída.

“Não é mais um. Está chegando o Luis Fabiano”, disse elogiando o novo companheiro. “Mas isso é bom para o São Paulo, vai ajudar muito a gente. Não é tanto pela concorrência [o possível empréstimo]. Quem está no São Paulo tem capacidade de jogar. Tenho condição de brigar de igual para igual independente do atacante que for”.

Em 2010, depois de começar o ano no elenco profissional do São Paulo, Henrique foi emprestado ao Vitória, clube pelo qual disputou o Campeonato Brasileiro com destaque, apesar de a equipe ter acabado rebaixada para a Série B. No início de 2011, ele começou como titular da seleção sub 20 no Sul-Americano disputado no Peru, mas terminou a competição como reserva justamente de Willian José, um de seus atuais “concorrentes”.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG