Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Após levar 'chapéu', Corinthians promete romper com Santa Cruz

Diretor adjunto de futebol, Duílio Monteiro Alves se mostrou chateado com a atitude dos pernambucanos

Gazeta |

Ao menos na gestão de Andrés Sanchez na presidência, o Corinthians não voltará a ter negociações com o Santa Cruz. A diretoria se irritou com o clube pernambucano, com quem havia acertado a transferência do atacante Gilberto e que acabou o cedendo ao Internacional.

"Foi uma falta de palavra da diretoria do Santa Cruz e do jogador. Estava tudo acertado, ele chegaria hoje (terça-feira) de manhã para fazer exames. A gente fica chateado com esse tipo de gente no futebol", disse o diretor adjunto de futebol do clube, Duílio Monteiro Alves.

"Com essa atual diretoria do Santa Cruz, que não foi correta conosco, não tem mais nenhum tipo de conversa. Eles não cumpriram o combinado", concluiu o dirigente, ao lembrar que o Corinthians poderia ter pagado a multa rescisória do jogador, mas preferiu esperar o clube.

A irritação levou a diretoria a soltar nota oficial do site do clube, ainda na manhã desta terça-feira. O comunicado revela valores do negócio realizado pelo Inter, que teria desembolsado R$ 2 milhões por 70% dos direitos econômicos do atleta, com salário de cerca de R$ 100 mil.

Leia tudo sobre: corinthianssta cruzmercado

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG