Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Após falhas, zagueiro Xandão agradece confiança de Carpegiani

Com Alex Silva fora, camisa 13 continuará como titular no jogo desta quinta-feira, contra o Linense

Levi Guimarães, iG São Paulo |

Titular nas últimas duas partidas do São Paulo contra São Bernardo e Santos, o zagueiro Xandão falhou em gols dos dois adversários. Mesmo assim, recebeu uma mensagem de confiança do técnico Paulo César Carpegiani na última terça-feira. Depois dos elogios, além de agradecer ao treinador, o jogador revelou uma conversa com o comandante com o objetivo de “corrigir os erros”.

“A gente fica feliz de saber da confiança que o Carpegiani está depositando na gente. Prescisamos melhorar, claro, e corridir os erros. Ele conversou bastante com o grupo [após a derrota para o Santos], não só comigo. Temos que sempre trabalhar pra evoluir e essa confiança dá moral, melhora a autoestima pra gente trabalhar cada vez mais”, afirmou o jogador.

Contratado no início de 2010 do Barueri, Xandão foi bastante aproveitado no São Paulo principalmente até a chegada de Alex Silva. Na temporada passada, participou de 35 das 71 partidas do time. Mas quando Miranda e Alex estão à disposição de Carpegiani são titulares de forma inquestionável, uma situação que o camisa 13 tem esperança de mudar mesmo com a chegada cada vez mais próxima de Rhodolfo.

“Eu sempre trabalho procurando o meu espaço, para alcançar o objetivo que é jogar e ajudar a equipe. Claro que o Rhodolfo está chegando e é um jogador de confiança do Carpegiani, claro que chega como titular, a gente sabe disso, mas tenho que continuar trabalhando e buscar o meu espaço independente do Alex renovar”, disse em referência ao final do contrato de empréstimo do camisa 3, em julho.

Apesar do desejo pela titularidade, Xandão indica que não quer conquistá-la a qualquer custo. Contra o São Bernardo, Carpegiani optou por escalá-lo improvisado na lateral-direita, ele falhou nos dois gols e foi sacado no intervalo. Agora, o jogador admite que não está preparado para mudar de posição.

“Já havia deixado ele bem ciente que nunca tinha jogado como lateral, não era uma função que eu saberia exercer com perfeição. É complicado jogar em uma posição que você não está acostumado, mas tentei ajudar, dar o meu melhor. Eu não ia me negar, fui pro pau, não fugi. E caso ele precise mais uma vez vou estar à disposição, mas deixo ciente que tenho algumas dificuldades”.

Leia tudo sobre: são paulocampeonato paulista 2011xandãocarpegiani

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG