Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Após brilho e trauma, Caio Júnior busca história na Copa do Brasil

Técnico do Grêmio já ganhou do Corinthians de Passarella, mas perdeu para emergentes Ipatinga e Avaí

Hector Werlang, iG Porto Alegre |

Gazeta Press
No Cianorte, Caio Júnior foi eliminado pelo Corinthians após aplicar goleada
Ele foi capaz de vencer o Corinthians de Tevez e companhia na estreia de Daniel Passarella com a quarta força do Paraná. Em times grandes, porém, caiu para os emergentes Ipatinga e Avaí . Entre façanha e trauma, Caio Júnior espera mudar a história das suas participações na Copa do Brasil. E o Grêmio , quebrar o jejum de quase 11 anos de títulos importantes.

Veja os jogos, as datas e os cruzamentos da Copa do Brasil 2012

Faltando menos de um mês para a estreia na prioridade do primeiro semestre, o treinador elabora um plano para evitar surpresas. O auxiliar técnico Roger Marques, ex-lateral-esquerdo participante da campanha do título de 2001, viajará ao Sergipe para observar o River Plate – o jogo de ida da primeira fase é dia 7 de março . A ideia é colher o máximo de informações para não repetir os tropeços para Lajeadense e Juventude, no Gauchão.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

“Isso faz parte do planejamento do futebol. É uma competição curta, que não dá chance de errar. Quem sabe agora não seja a grande campanha da minha vida”, disse Caio Júnior.

Tudo, então, começa pelo River genérico, time que fez confronto parelho com o Botafogo na edição do ano passado. De Carmópolis (31 quilômetros da capital Aracaju), o clube sonha em ao menos disputar o jogo da volta em Porto Alegre – não haverá necessidade se o Grêmio vencer por dois gols de diferença. A folha salarial é de R$ 200 mil (nem metade do que ganha Kleber) e o teto, R$ 15 mil (o mesmo que alguns juniores recebem no Olímpico).

“Vocês podem ter certeza, vão ver o River Plate jogar aí em Porto Alegre”, disse o presidente Ernando Rodrigues.

Os principais nomes são o volante Júnior Maranhão (ex-Santa Cruz e Sport) e os atacantes Bebeto (ex-Flamengo, Corinthians, Pelotas e Caxias) e Felipe Mamão (ex-Tuna Luso). Foi com nomes assim, desconhecidos, que Caio fez sua história na competição.

Twitter iG Grêmio: Notícias e comentários em tempo real

Em 2005, no começo da carreira, comandou o Cianorte nos 3 a 0 sobre o Corinthians. A possibilidade de eliminar o grande elenco montado pela MSI (Roger, Carlos Alberto, Gustavo Nery e Carlos Tevez). Os gols de Edson Santos e Marcio (duas vezes) deram esperança, mas a goleada de 5 a 1 em São Paulo trouxe o time do Paraná à realidade.

Com o Palmeiras, dois anos depois, o tropeço aconteceu diante do Ipatinga. Ao devolver 2 a 0, a decisão foi para os pênaltis. Queda na terceira rodada. O tropeço em 2011, no Botafogo, foi nas quartas-de-final para o Avaí após empate com pênalti polêmico, a favor do time catarinense, em Florianópolis. O jogo até terminou com briga generalizada.

Se passar da estreia, o Grêmio enfrenta o vencedor de Ipatinga-MG e Real Noroeste-ES. Apenas nas oitavas-de-final poderia encontrar um time de Série A: o Náutico, vice-campeão da Série B em 2011. De acordo com a tabela, Cruzeiro e Palmeiras seriam os eventuais rivais mais fortes na semifinal. São Paulo, Atlético-MG, Atlético-GO, Coritiba, Sport e Botafogo estão do outro lado da chave.

Entre para a Torcida Virtual e convide seus amigos

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG