Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Após expulsão, Mirassol reclama de árbitro e insinua "esquema"

Xuxa recebeu um cartão vermelho que prejudicou o desempenho do time no confronto contra o Palmeiras

Gazeta |

Derrotado por 2 a 1 pelo Palmeiras, no Pacaembu, o Mirassol foi eliminado do Campeonato Paulista neste domingo. Inconformados, os jogadores da equipe do interior deixaram o gramado reclamando muito do árbitro Guilherme Cereta de Lima, que expulsou o meia Xuxa logo após o segundo gol do Verdão, no início do segundo tempo.

"(O resultado) poderia ter sido melhor, com certeza. A arbitragem não teve influência nos gols, mas minou nosso time com faltinhas o jogo todo. É ridículo um árbitro desse apitar. No último jogo ele era o quarto árbitro...", esbravejou o goleiro Fernando Leal, que insinuou um possível esquema para favorecer os clubes grandes.

"Se a gente fala muito, acaba tendo punição. Então a Federação (Paulista de Futebol) precisa ficar ligada nisso, a não ser que esteja dentro", completou.

O volante Magal também estava insatisfeito com a expulsão do companheiro, que já tinha cartão amarelo quando empurrou Kleber no meio-campo e recebeu sua segunda advertência, sendo excluído do jogo.

"O juiz prejudicou a gente. Uma falta de jogo, normal, e ele expulsa o jogador. Jogar com 11 contra o Palmeiras aqui já é complicado, imagina com dez? Mesmo assim jogamos bem, criamos, atacamos, tudo isso com um jogador a menos. Creio que conseguiríamos um resultado melhor não fosse a expulsão", declarou.

Fora das semifinais do Paulistão, o Mirassol volta suas atenções ao Torneio do Interior, que começa semana que vem com duelos eliminatórios. Ponte Preta e Oeste, por terem campanhas melhores, serão mandantes contra São Caetano e Mirassol, respectivamente. Os vencedores irão para a decisão.

Leia tudo sobre: PalmeirasMirassolcampeonato paulista 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG