Tamanho do texto

Equipe ficou no 2 a 2 com o Avaí, e precisa vencer fora de casa para avançar na Copa do Brasil

Apesar da atuação irregular no empate de 2 a 2 contra o Avaí , jogadores e o técnico do Botafogo , Caio Júnior , mostraram otimismo em conquistar a classificação para as quartas de final da Copa do Brasil fora de casa. Para o treinador, a vantagem conquistada pelo adversário, de poder empatar em 0 a 0 ou 1 a 1 no estádio da Ressacada, é pequena e pode ser revertida.

"Está tudo em aberto. A vantagem deles é do empate por 0 a 0 ou 1 a 1, e não é tão grande. Tem que jogar pra ganhar o jogo. Fomos lá no Paraná e ganhamos de 2 a 1, então tem que ir pra cima. Vamos dar a vida em Florianópolis. Com certeza será um jogo marcante e vamos fazer uma grande partida", declarou o treinador do Botafogo.

Quem também elogiou a recuperação e as últimas partidas do Botafogo foi o atacante Loco Abreu, que 'filosofou' para explicar a mudança de filosofia da equipe. "Para derrubar um edifício grande, você faz em dois minutos, mas para construí-lo leva uns quatro, cinco anos. E é assim com nossa equipe: a construção está sendo benfeita e tomara que continue assim", disse o jogador uruguaio, autor de um dos gols do Botafogo no empate.

O goleiro Jefferson também demonstrou confiança na virada. Mas o jogador pede que a equipe passe a se concentrar na partida contra o América, pelo Campeonato Carioca. "Tivemos um apagão de 20 minutos, onde levamos gols que não costumávamos levar. Mas não tem nada resolvido, a gente vai vencer lá em Florianópolis. Agora é se concentrar no Carioca e depois pensar no jogo de volta", disse.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.