Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Após empate, Celso Roth define Grêmio como “vergonhoso”

Treinador concordou com vaias, porém, não se disse responsável por jejum de cinco jogos sem vitória

Hector Werlang, iG Porto Alegre |

null

O Grêmio não jogou bem, mas vencia até os 39 minutos do segundo tempo. Então, Victor falhou e o Atlético-GO empatou . Pronto. A torcida presente ao Olímpico começou a vaiar o time e a pedir a não permanência de Celso Roth em 2012.

Twitter iG Grêmio: Notícias e comentários em tempo real

Pois o treinador teve comportamento diferente com as duas situações. Ele concordou com as críticas à equipe. A definiu como vergonhosa:

“Temos que ver que as últimas duas atuações foram muito parecidas, infelizmente. Tentamos e não conseguimos. Até o primeiro gol tínhamos uma partida boa, mas depois disso caímos muito. Fizemos uma substituição, organizamos o time, viramos, mas numa sequência absurda de erros individuais e coletivos cedemos o empate. A atuação foi vergonhosa”.

Confira a classificação e os próximos jogos do Brasileirão

Mudou quando a pergunta foi, ao destacar os gritos de “burro” e de “adeus, Roth”, se a culpa era apenas dele:

“Tem um time que também joga”.

De folga na segunda-feira, o Grêmio se reapresenta na manhã de terça-feira. Enfrenta o Internacional, domingo, já classificado para a Copa Sul-Americana.

Entre para a Torcida Virtual e convide seus amigos

Leia tudo sobre: grêmiobrasileirão 2011celso roth

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG