Delegação são-paulina passa a noite em SC e só retorna à capital paulista nesta sexta-feira

A torcida do São Paulo não demorou a manifestar sua revolta com a desclassificação da equipe nas quartas de final da Copa do Brasil. Em protesto pela campanha da equipe, o muro do estádio do Morumbi foi pichado na madrugada desta sexta-feira. O CT da Barra Funda também não escapou da ação dos vândalos.

As mensagens escritas no local foram "time medíocre" e "time sem vergonha". As pichações também apontaram o lateral Juan e o zagueiro Xandão como principais responsáveis pela queda. O clube paulista foi eliminado no torneio nacional ao perder por 3 a 1 para o Avaí , na noite desta quinta, em Florianópolis.

O clima dentro do grupo são-paulino também não é dos melhores, já que o meia Rivaldo e o técnico Paulo César Carpegiani trocaram farpas públicas . O pentacampeão não gostou de ter ficado no banco durante o jogo inteiro e reclamou, sendo rebatido pelo comandante .

A delegação são-paulina passa a noite em Santa Catarina e só retorna à capital paulista nesta sexta-feira, quando os jogadores serão liberados para folga, com reapresentação na segunda. O São Paulo volta a campo apenas no dia 22, quando estreia no Campeonato Brasileiro, diante do Fluminense , no Rio de Janeiro.

Torcida culpou o lateral Juan, o zagueiro Xandão e o técnico Carpegiani pela eliminação são-paulina
Futura Press
Torcida culpou o lateral Juan, o zagueiro Xandão e o técnico Carpegiani pela eliminação são-paulina

*com GE

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.