Tamanho do texto

Nova contusão do jogador do América-MG exigiu uma intervenção cirúrgica para estabilização

O técnico do América-MG, Mauro Fernandes, não terá o meia Luciano para os dois últimos jogos da temporada. O jogador, que voltava ao time após se recuperar de uma cirurgia no menisco do joelho direito, realizada em 17 de setembro, sofreu uma luxação na clavícula direita ainda no primeiro tempo do jogo contra o São Caetano, sexta-feira, em São Paulo.

De acordo com o diretor médico do Clube, Cimar Eustáquio, foi uma 'luxação grau três', exigindo uma intervenção cirúrgica para estabilização do ombro. "Conversamos muito com o jogador, pois foi uma luxação importante. Vamos ter que operar, o ombro está muito alto e teremos que colocar dois pinos para fixar e depois suturar o ligamento", explicou o médico.

Eustáquio espera fazer a cirurgia no máximo até quarta-feira, com previsão de quatro a seis semanas para a completa recuperação da lesão. "Conversei com o Luciano e combinamos em fazer a cirurgia na terça ou quarta-feira. Serão necessárias de quatro a seis semanas de recuperação. Assim, ele estará liberado em janeiro", prevê.