Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Após desencantar, Avaí busca confirmar reação contra o Atlético-GO

Vice-lanterna voltou a vencer depois de sete jogos e ainda sonha com a possibilidade de escapar do rebaixamento

Gazeta Esportiva |

A reta final do Campeonato Brasileiro reserva momentos de emoção, e um deles deve ocorrer nesta quarta-feira às 16h (de Brasília), no estádio da Ressacada, pela 29ª rodada da competição, quando o

Avaí

, que voltou a vencer após sete rodadas e já consegue ver a luz do fim do túnel, recebe o

Atlético-GO

, que foi derrotado na última rodada após uma sequência invicta de cinco rodadas.

As duas equipes terminaram suas partidas em 3 a 0 na última rodada. Enquanto o Avaí venceu o Atlético-PR, um rival direto na luta contra o rebaixamento, o Atlético-GO teve uma série de cinco partidas anulada com a derrota diante do Corinthians, no Pacaembu.

De ânimo renovado após a vitória, o Avaí ainda é vice-lanterna, mas recebe o Atlético-GO para confirmar a reação. Do outro lado, o Dragão tenta superar as dificuldades e esquecer a derrota fora de casa para voltar a pontuar.

O estádio da Ressacada é o grande trunfo da equipe catarinense para esse desafio. A vitória contra o Furacão foi emocionante, de acordo com o relato dos jogadores, que foram incentivados do início ao fim. Para encarar o time goiano, o preço promocional dos ingressos foi mantido e a expectativa é de um verdadeiro caldeirão.

Dentro de campo, com exceção de Émerson Nunes, Claudio Caçapa e Anderson Lessa, afastados do time há várias rodadas, o técnico Toninho Cecílio não terá qualquer desfalque, o que é motivo de muita felicidade para o comandante do Leão: "O time já estava em uma sequência boa de rendimento, mas faltava o resultado, que finalmente aconteceu. Agora, com a equipe completa, é manter a toada".

Para esse compromisso, retornam o meia Robinho e o atacante Willian, que confessou ter superado seu pior momento com a camisa do Avaí: "Naquela partida contra o Grêmio, eu chorei, mas o Marquinhos (ex-jogador do Avaí), me disse para não baixar a guarda, porque o verdadeiro guerreiro nunca baixa a guarda. Foram os dias mais difíceis que vivi aqui no clube, mas agora está na hora de sair dessa situação".

Com 38 pontos, o Atlético-GO está na 12ª colocação, mas ficou assustado pela má atuação diante do Corinthians na última rodada e quer apagar o incêndio com uma vitória fora de casa que, dependendo dos outros placares, pode levar o Dragão à oitava colocação.

O técnico Hélio dos Anjos, que ficou profundamente insatisfeito com o revés em São Paulo, disse que vai para Florianópolis enfrentar uma guerra: "Nós perdemos muito equilibrio, erramos o tempo de bola contra o Corinthians. Agora tem que esquecer, é um campeonato longo e não podemos ficar martelando nossos erros. É para frente que se olha e na quarta-feira vamos para uma guerra, para uma partida decisiva em Florianópolis".

A delegação do Atlético-GO viajou direto de São Paulo para a capital catarinense. A única novidade foi o lateral direito Adriano, que partiu de Goiânia e se juntou ao grupo para substituir Rafael Cruz, que recebeu o terceiro cartão amarelo. Outra possibilidade é que o meia Joílson atue no setor

FICHA TÉCNICA - AVAÍ X ATLÉTICO-GO

Local: estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC)
Data: 12 de outubro de 2011 (quarta-feira)
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Paulo César Oliveira (Fifa-SP)
Assistentes: João Nobre Chaves (SP) e Adnilson da Costa Pinheiro (MS)

AVAÍ: Felipe; Daniel, Gian, Dirceu e Fernandinho; Bruno Silva, Pedro Ken, Robinho (Junior Urso) e Lincoln; Rafael Coelho e Willian
Técnico: Toninho Cecílio

ATLÉTICO-GO: Márcio; Adriano (Joílson), Anderson, Gilson e Thiago Feltri; Agenor, Marino (Vitor Junior), Ernandes e Bida; Felipe e Anselmo
Técnico: Hélio dos Anjos

Leia tudo sobre: avaíbrasileirão 2011atlético-go

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG