Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Após derrota em clássico, Tite se diz 'tranquilo' no Corinthians

Time do Parque São Jorge segue em má fase após perder para o Palmeiras por 2 a 1

AE |

selo

Com a derrota deste domingo no clássico diante do Palmeiras, por 2 a 1, em Presidente Prudente, o Corinthians não conseguiu a reabilitação no Campeonato Brasileiro e segue em má fase. Foram apenas nove pontos nas últimas nove partidas, o que aumenta a pressão sobre o técnico Tite. Mesmo assim, ele se diz "tranquilo" no cargo.

"Quero ter discernimento no meu trabalho. Tenho títulos nacionais e internacionais, mas dou o direito a quem comanda de avaliar meu trabalho. Mas estou muito tranquilo comigo mesmo. Já venci cinco clássicos entre Palmeiras e Corinthians. É o primeiro que eu perco. Mas abaixo a cabeça e aceito a responsabilidade", declarou.

null

Siga o Twitter do iG Corinthians e receba as notícias do seu time em tempo real

Apesar da tranquilidade, o treinador admite que, se a fase não mudar, a pressão sobre ele pode se tornar insustentável. "O técnico tem que saber suportar, é a primeira vidraça. É assim a cultura do futebol, em qualquer lugar do mundo. Mas a responsabilidade é de todos nós", afirmou.

A aparentemente inexplicável queda de rendimento da equipe tem justificativa para Tite. De acordo com o técnico, a perda de peças importantes, como Alessandro, Welder, Fábio Santos, Alex e Liedson, ao longo do campeonato atrapalhou o desempenho.

Coloque seu time em 1º lugar no ranking da Torcida Virtual do iG Esporte


"Nós perdemos peças e assim a engrenagem da equipe também foi perdida. Hoje (domingo) não tivemos nenhum lateral-direito (o zagueiro Wallace foi improvisado no setor), então quando precisamos de uma saída a mais, não tivemos", avaliou. "Quando se tem um time ajustado, ele joga sem pensar. Quando começamos a fazer alterações, isso muda", explicou.

Mesmo com todos esses problemas, Tite vê motivo para comemorar, já que o Corinthians terminou o primeiro turno do Brasileirão na liderança, com 37 pontos. "Terminamos em primeiro no primeiro turno, mesmo com todos esses problemas. Mas sabemos que precisamos recuperar", concluiu.

Leia tudo sobre: corinthiansbrasileirão 2011tite

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG