Treinador pode acertar com o Santos após o duelo decisivo dos santistas contra o Colo Colo na quarta-feira

O técnico Muricy Ramalho deixou o Fluminense no último domingo e está na mira do Santos , que é comandado pelo técnico interino Marcelo Martelotte desde a demissão de Adilson Batista, que aconteceu há pouco mais de 15 dias. O iG apurou que a diretoria santista agendará uma reunião com o treinador após o duelo decisivo da equipe santista contra o Colo Colo na próxima quarta-feira, no Chile, pela Libertadores.

Em contato com o iG , o presidente do Santos, Luís Álvaro de Oliveira Ribeiro, admitiu o interesse por Muricy Ramalho, mas avisou que os dirigentes santistas não se reunirão com o treinador até o duelo contra os chilenos.

"O Muricy é um grande técnico, sempre que estiver no mercado vai interessar, mas não cogitamos conversar com ele nesta semana, pelo fato de termos dois jogos decisivos pela frente", afirmou o presidente.

Muricy Ramalho é um sonho antigo dos dirigentes do Santos, que já especulavam a contratação do treinador na saída de Dorival Júnior no início do segundo semestre de 2010. Porém, a fama do treinador em não quebrar contratos com os clubes que comanda impediu a diretoria santista de tirá-lo do Fluminense na época. Muricy, inclusive, não pôde atender um convite da CBF para comandar a seleção brasileira na temporada passada.

Entretanto, o desejo dos santistas em contar com Muricy aumentou com a demissão de Adilson Batista, somada a campanha ruim do Fluminense na Copa Libertadores da América deste ano. Em três jogos, o clube carioca conseguiu apenas dois empates jogando em casa – contra Argentino Juniors, da Argentina, e Nacional, do Uruguai, além de uma derrota para o América, no México.

Durante a partida entre Santos e Cerro Porteño na Vila Belmiro, no mesmo dia em que o Fluminense perdeu no México, a diretoria santista cogitou enviar um representante para conversar com Muricy Ramalho.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.