Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Após críticas, Ministro do Esporte quer que Fifa visite o Brasil

Blatter reclamou do atraso na organização da Copa do Mundo de 2014. Orlando Silva disse que cartolas precisam conhecer país

Paulo Passos, iG São Paulo |

AFP
Presidente da Fifa criticou atrasos na organização do Mundial do Brasil
O Ministro do Esporte, Orlando Silva, minimizou, nesta segunda-feira, as críticas feitas pelo presidente da Fifa (Federação Internacional de Futebol e Associados), Joseph Blatter, à organização da Copa do Mundo de 2014, que acontecerá no Brasil. O dirigente da entidade máxima do futebol afirmou que o país está mais atrasado do que a África do Sul estava antes do torneio de 2010. Orlandro Silva rebateu essa crítica e afirmou que Blatter devia visitar o Brasil para ganhar confiança do que está sendo feito.

"Vou convidar o presidente da Fifa pra visitar o Brasil. Estamos com obras em pleno em vapor em dez dos doze estádios. Quando ele conhecer o Brasil, tenho certeza que ficará mais seguro", afirmou o ministro, reconhecendo, porém, que os estádios em São Paulo e no Rio Grande do Norte ainda não saíram do papel.

O Ministro participou de um encontro com o presidente da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo) e concendeu uma entrevista coletiva logo depois. Apesar das palavras positivas, ele afirmou que o transporte é sua principal preocupação em relação ao mundial.

"70% dos projetos (de transporte) precisam iniciar em 2011. Ainda temos a situação dos aeroportos, que é uma novela de muitos capítulos, mas felizmente a presidenta Dilma apresentou inovações na gestão e mudanças na Infraero", disse Orlando Silva.

O Ministro evitou comentar sobre a possibilidade exclusão de uma das cidades que foram escolhidas para ser sedes da Copa. "Quem escolheu Natal como sede foi a Fifa. Quem escolheu os locais de abertura e encerramento foi a Fifa. Então qualquer mudança sobre isso quem definirá é a entidade", afirmou.

‘Puxão de orelha”

Em entrevista nesta segunda-feira, Joseph Blatter criticou a lentidão das obras no Brasil para sediar a Copa do Mundo de 2014. "É necessário acelerar os preparativos, pois a Copa do Mundo será amanhã, e os brasileiros estão pensando que será depois de amanhã", criticou o suíço.

Mesmo escolhido para receber a abertura do torneio, a nova arena do Corinthians ainda não saiu do papel, assim como a Arena das Dunas, em Natal, capital potiguar. Blatter ainda apontou as deficiências na infra-estrutura das sedes, com destaque para os aeroportos.
 

 

Leia tudo sobre: Copa 2014fifaorlando silvaFifa

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG