Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Após criticas, Joel desabafa: "Fiquei no Botafogo por sentimento"

Treinador lamenta imediatismo do futebol brasileiro e pede apoio da torcida na partida contra o River-SE

Renan Rodrigues, iG Rio de Janeiro |

De nada adiantou a conquista do Campeonato Carioca em 2010 e a sexta colocação do Botafogo no Campeonato Brasileiro do ano passado, melhor campanha da equipe carioca no torneio desde o título de 1995. Após a eliminação para o Flamengo na Taça Guanabara, e a derrota para o River Plate-SE, na Copa do Brasil, os boatos de que o emprego de Joel Santana estaria em risco incomodaram o treinador.

"Me questionam se eu estou com medo de perder o emprego. Medo? Eu fiquei no Botafogo por sentimento. Não foi por dinheiro ou outro motivo, se não eu teria saído. Está chato isso. Tem se criado muita coisa sem necessidade, dizem que não estou falando com os jogadores, que estou com bronca de outros. Não existe isso, o trabalha está normal", declarou o treinador do Botafogo.

Para Joel, um dos motivos dos últimos para os últimos resultados negativos é o curto tempo de preparação das equipes no futebol brasileiro. O treinador acredita que as equipes que tem um período maior de pré-temporada acabam levando vantagem nas competições do primeiro semestre.

"Nós tivemos 15 dias de preparação, ninguém lembra disso nessa hora. Enfrentamos equipes que estão se preparando desde o ano passado, com tempo para acertar o time. Uma hora os tropeços vão acontecer. Ainda estamos encontrando o time ideal, buscando a melhor formação, não estamos prontos. É difícil render o máximo nesse ritmo de partidas", disse Joel Santana.

Como exemplo da irregularidade das equipes no começo da temporada, o treinador do Botafogo citou os rivais cariocas. "É normal essa pressão em time grande, já estava até demorando aqui. Foram 13 meses nadando num mar tranquilo. O Vasco estava em crise, venceu algumas partidas e voltou a ficar tudo bem. O Fluminense foi campeão e agora está derrapando. Isso acontece, mas vamos sair dessa situação porque somos um time grande.

Leia tudo sobre: botafogocopa do brasil 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG