Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Após confusão, Miguel é promovido ao time principal do Palmeiras

Atacante começa a treinar com Felipão nesta quarta-feira depois de quase ser dispensado por mal-entendido

Danilo Lavieri, iG São Paulo |

Ainda sem um camisa 9 para a temporada, Luiz Felipe Scolari vai apostar na categoria de base do clube para suprir a sua necessidade. Miguel, atacante que jogou a última Copa SP de Juniores, será reintegrado nesta quarta-feira ao elenco profissional do Palmeiras.

A chegada do atacante ficou marcada por uma polêmica, uma vez que Felipão convocou o jogador, mas, por causa de alguma informação desencontrada, ele recebeu a informação de que o jogador estaria de férias. A resposta irritou o treinador.

"O que nos foi passado é que ele teria um mês de férias. Depois da situação de sábado (entrevista após o jogo contra o Americana), conversamos com o tio do jogador e nos informamos sobre os motivos de ele não ter se apresentado. Já havíamos solicitado a presença dele aqui, o que não aconteceu. Conversamos e informamos a situação de que houve uma procura logo após a Copa SP, e o que nos foi passado é que o Palmeiras teria de renovar com o atleta, quando essa não era a realidade. Ninguém vai nos impor nada, e não era o tio dele que estava tentando impor essa situação", disse o treinador palmeirense ao site do clube, que completou:

"Ouvimos muita coisa, sabemos quem são os responsáveis e vamos tratar diretamente com eles. Com os outros que se dizem responsáveis, não vamos tratar. Essa situação já está definida”, afirmou.

Agora, Felipão e Murtosa pretendem fazer trabalhos especiais com Miguel para que ele possa ser o jogador que toda a torcida espera ver em campo e para que os problemas da falta de um camisa 9 acabem.

"Ele vai participar normalmente com os outros jogadores que estão aqui. À medida que formos jogando e tendo oportunidades, vamos colocá-lo. Ele também vem na mesma situação dos outros atletas que subiram e vai começar um trabalho para que possamos observar. E depois de observar e dentro das nossas dificuldades, vamos ver o que vamos fazer", explicou.

Atacante fala em realização de sonho

O jogador, que se declara palmeirense fanático, afirmou que jogar pelo time principal significa a realização de um sonho de sua vida. Ele espera deixar toda a confusão para trás e conseguir desempenhar um bom papel dentro de campo.

Miguel tem 18 anos e está no Palmeiras desde 2007. O jogador, que tem 1m90, já despertou o interesse de times italianos, como Brescia, por exemplo.

"Estou no Palmeiras há quase cinco anos e o maior sonho da minha vida era jogar no time principal. Sei que é apenas um início de trabalho, mas é o primeiro sonho a ser realizado. Acho que tudo o que aconteceu foi um mal-entendido e agora é vida nova. Já foi tudo resolvido e conversado e não vejo a hora de trabalhar com o Felipão e o atual grupo de atletas", afirmou.

Leia tudo sobre: palmeiras

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG