Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Após confusão do fisiologista, Eraldo é liberado de punição por doping

Atacante teria recebido informação errada sobre a substância que ingeriu, por isso o STJD o absolveu

Gazeta |

O atacante Eraldo já está liberado para voltar a jogar pelo Grêmio Barueri . Depois de ingerir uma substância estimulante e ser pego no exame antidoping, o jogador foi absolvido pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva).

O principal argumento da defesa do atleta foi o questionamento que foi feito ao fisiologista do clube antes da ingestão da substância.

Eraldo explicou o caso. "Estava em Uberlândia e, dias antes de viajar para Presidente Prudente (ex-sede do clube), comprei o produto por indicação de um amigo. Levei ao clube e perguntei ao Eduardo, que é o fisiologista do clube, se eu podia fazer uso e ele disse que avaliaria. Passou um mês e disse que não tinha problema nenhum tomar. Passado o jogo contra o Atlético-MG (Copa do Brasil), ele disse que não era para eu tomar e eu questionei, porque já tinham coletado a urina."

Sem jogar desde a terceira rodada da Série B, o atacante está a disposição do técnico Sérgio Soares para décima segunda rodada da competição, que terá seu início na próxima sexta-feira, contra o São Caetano, no Anacleto Campanella.

Leia tudo sobre: série b 2011stjddopingbarueriprudente

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG