Josimar era um dos destaques do time na Série B, mas teve que passar por cirurgia na clavícula

O volante e capitão da Ponte Preta , Josimar, passou por cirurgia na clavícula neste domingo e ficará dois meses afastado dos gramados. O jogador se machucou no jogo contra o Goiás, na última sexta-feira, durante uma disputa de bola, em que o jogador caiu de mau jeito e fraturou a clavícula direita.

Josimar já recebeu alta e está se recuperando em casa. O chefe do departamento médico da Ponte Preta, Roberto Nishimura, explicou que em casos como esse, a cirurgia é mais aconselhada para diminuir o tempo de recuperação do atleta. Além disso, o médico acredita que Josimar conseguirá se recuperar no prazo estipulado da cirurgia.

"A cirurgia nestes casos é indicada na medicina esportiva, pois possibilita uma recuperação mais rápida. Por ser um atleta e uma pessoa empenhada e dedicada como o Josimar, nossa expectativa é que esse prazo até seja acelerado, mas vamos aguardar, porque isso depende muito da reação do próprio organismo dele", relatou o médico pontepretano.

O jogador, que tem seus direitos federativos ligador ao Internacional, despertou o interesse do técnico Falcão, que solicitou o seu retorno. Entretanto, Josimar decidiu permanecer na Ponte Preta até o fim do ano. O volante deverá ser substituído por Gerson, que vinha entrando no decorrer dos jogos da Macaca.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.