Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Após calar o Pacaembu, Goiás acusa menosprezo

Desmereceram demais por causa do rebaixamento, mas temos brio e agora é pensar na final, disse Marcão

Gazeta Esportiva |

Rebaixado à Série B do Campeonato Brasileiro, o Goiás começou a se reerguer em grande estilo e classificou-se para a final da Sul-americana ao eliminar o Palmeiras em pleno Pacaembu lotado. Após o triunfo histórico, os atletas do time esmeraldino desabafaram e valorizaram o empenho apresentado em São Paulo.

Ex-Palmeiras, o zagueiro Marcão foi questionado na possível descrença geral quanto à classificação dos goianos e não perdeu a oportunidade de exaltar os companheiros ao dizer que uma vitória dos visitantes era considera impossível por todos.

"Só nós mesmos acreditávamos. O jogo de ida foi equilibrado. O Assunção acertou aquele chute e o Palmeiras venceu, mas foi parelho como hoje. A equipe está de parabéns, fomos coroados. Desmereceram demais por causa do rebaixamento, mas temos brio e agora é pensar na final", disse o jogador, na saída do gramado.

Discurso semelhante teve o lateral esquerdo Wellington Saci. "Sabíamos que a torcida do Palmeiras viria prestigiar o time pensando que a vaga estava garantida. Entramos pensando só no nosso trabalho e estamos de parabéns pelo empenho. Quando não dá na técnica, tem que ser na vontade", vibrou.

O gol de Ernando, aos 37 minutos do segundo tempo, surpreendeu os 34.926 pagantes que compareceram ao Pacambu. Atônitos, os palmeirenses se dividiram entre silêncio, lágrimas e críticas à equipe paulista. Fato é que o Goiás aguarda agora a definição de seu adversário na grande decisão: LDU (Equador) ou Independiente. A definição sai nesta quinta.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG