Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Após almoço com Andrés Sanchez, presidente do Santos aposta em abertura no Fielzão

Acho que as coisas têm apenas um ciclo de cronograma. Cumprindo esse cronograma, esse estádio sai, afirmou Luís Álvaro de Oliveira

Gazeta Esportiva |

O projeto do futuro estádio do Corinthians, possível sede da abertura da Copa do Mundo de 2014, ainda é cercado por desconfiança. Após almoçar com Andrés Sanchez, presidente do clube do Parque São Jorge, Luís Álvaro Ribeiro, mandatário do Santos, manifestou confiança na empreitada.

"Tenho quase absoluta certeza que a abertura vai ser aqui (em São Paulo). Eu acredito nesse projeto do estádio do Corinthians, acho que vai sair. Estava aqui do lado do Andrés e ele está muito otimista. Acho que as coisas têm apenas um ciclo de cronograma. Cumprindo esse cronograma, esse estádio de Itaquera sai", apostou.

Andrés Sanchez e Luís Álvaro Ribeiro almoçaram juntos na última segunda-feira, durante evento com a presença de Ricardo Teixeira, presidente da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), em São Paulo. A arena corintiana depende de um aumento de sua capacidade para receber o primeiro jogo do Mundial de 2014.

"Pelo que entendi, o estádio ainda não foi oficialmente homologado e o projeto está sendo apreciado. Ele está dentro do cronograma factível do ponto de vista da Fifa. Acho que na hora certa, se atender às expectativas da entidade, poderá ser homologado. O meu palpite é que ele sai e vai ser o estádio da abertura", afirmou o santista.

Durante o evento, José Carlos Ferreira Alves, vice-presidente do Conselho Deliberativo do São Paulo, questionou Ricardo Teixeira sobre a viabilidade financeira do projeto do Corinthians e ainda citou a situação do terreno em Itaquera escolhido para abrigar a arena.

Visivelmente irritado com a pergunta do dirigente são-paulino, Andrés Sanchez deixou o evento antes do final. Bem-humorado, Luís Álvaro Ribeiro brincou: "Eu acho que ele foi buscar o dinheiro que está faltando (para a ampliação do estádio)".

Com a Vila Belmiro fora da disputa por receber jogos da Copa do Mundo de 2014, o Santos deseja que a cidade litorânea seja oficializada como sub-sede da competição. "Estamos trabalhando neste pedido", confirmou o mandatário da equipe praiana.

Leia tudo sobre: copa 2014corinthiansfutebolsantos

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG