Atacante marcou um dos gols da goleada do Chorrillo FC e foi alvo de tiros na saída do estádio

O clima era de festa para o Chorrillo FC com a vitória por 4 a 0 sobre o Tauro FC, que garantiu vaga na final da Liga de Futebol Panamenho. No entanto, logo após a partida, por volta das 23h30 (locais), o atacante Javier De La Rosa, de 21 anos, foi assassinado enquanto deixava o estádio Javier Cruz das Artes e Ofícios College, na Cidade do Panamá, com amigos e familiares.

De acordo com o jornal local El Siglo , um homem se aproximou do grupo, sacou a arma, realizou múltiplos disparos e depois se misturou com a multidão. De La Rosa morreu ainda no local.

O resto do elenco do Chorrillo, que ainda não havia deixado o estádio, permaneceu com o corpo do companheiro até a chegada da polícia, que investiga as causas do crime.

De La Rosa foi preso em 2008, acusado de participar de um homícido. Após dois anos na cadeia, voltou ao futebol. Ele marcou um dos gols da goleada de seu time.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.