Tamanho do texto

Atacante entrou na vitória do Corinthians por 3 a 0 contra o Atlético-GO no estádio do Pacaembu

Adriano jogou 12 minutos na sua volta aos gramados após quase nove meses. Com apenas toque na bola para dar passes, o camisa 10 do Corinthians relatou muitas dificuldades após deixar o gramado na vitória por 3 a 0 diante do Atlético-GO ,no estádio do Pacaembu lotado.

O atacante afirmou que ainda está mancando, sente dores no tornozelo e precisa evoluir antes de ser um bom reforço para Tite, a quem agradeceu muito pela confiança que tem ganhado. Com 101 quilos, o jogador estima que está com apenas 20% de sua capacidade física e que vai levar um bom tempo até se apresentar em plenas condições.

Veja a classificação atualizada do Brasileirão

“Eu ainda não tenho um apoio bom no meu tornozelo. Estou há muito tempo parado, ainda estou mancando. É normal. Estamos no caminho certo. Temos médicos maravilhosos, que me acompanham durante 24 horas”, disse Adriano. “É assim, vou me colocando devagarzinho, vou pegando ritmo de jogo. Falta muita coisa para mim, mas estou feliz”, disse Adriano.

Na quarta-feira, o Corinthians volta a jogar no estádio do Pacaembu. O adversário será o Botafogo. Adriano deve voltar a ficar no banco de reservas. O jogador, aliás, não quis dizer quando terá 100% de suas condições e disse que apenas vai fazer o máximo que puder para jogar bem.

“Agora temos jogos importantes, diante do Botafogo e depois contra o Cruzeiro. Vou trabalhar muito para voltar o mais rápido possível, para pisar bem de novo, ainda estou mancando. É muito tempo em fazer atividade física”, finalizou.

null