Meio-campista deu o passe para o gol da vitória do Palmeiras sobre o Bragantino neste domingo

O meia Valdivia foi o destaque do Palmeiras na vitória por 2 a 1 sobre o Bragantino , na estreia do time alviverde no Paulistão . Aplaudido pela torcida durante e ao final do jogo, o chileno se mostra aliviado por estar livre das lesões na coxa, mas avisou que o time precisa ter calma, pois o ano mal começou.

VEJA: Classificação atualizada do Campeonato Paulista

"É só o começo, o ano é muito longo e precisamos de mais. Sempre falei sobre ter uma sequência sem problemas e nem dores. A preparação física que estamos fazendo ajuda demais. Tenho de manter esta sequência".

VEJA TAMBÉM: Palmeiras sua, mas vence o Bragantino após mexida de Murtosa

Depois de um começo de jogo apagado, Valdivia chamou a responsabilidade em campo e foi importante para o triunfo palmeirense no estádio Nabi Abi Chedid. Além de ter dado a assistência para o gol de Maikon Leite , o chileno deu também ótimo passe para Ricardo Bueno , que desperdiçou chance incrível. "É difícil vir aqui e jogar, porque tem a torcida contra, que fica perto, e o campo não é bom. Mesmo assim, conseguimos a vitória. Vimos que não vai ser fácil, mas o Palmeiras tem de ganhar sempre", acrescentou.

E AINDA: Murtosa assume risco de "puxão de orelha" ao arriscar com Maikon Leite

Valdivia está ciente da sede por títulos da torcida do Palmeiras, ainda mais depois da temporada passada frustrante. Durante 2011, o chileno teve de conviver com uma série de problemas musculares. "Nós estamos com a torcida. Jogamos para ela e para nossas famílias. Como eu já disse, a temporada é longa e torcemos para que ninguém se machuque e nem fique de fora", finalizou.

Valdivia tenta drible: meia chileno
Gazeta Press
Valdivia tenta drible: meia chileno "pendurou" vários jogadores do Bragantino com cartões
A boa atuação do chileno lhe rendeu elogios de seu chefe interino, Flávio Murtosa: "O Valdivia é um grande jogador, mas estava faltando uma boa preparação física, e isso ele teve nesse começo de temporada", afirmou o auxiliar, que também confessou ter arriscado sofrer um "puxão" de orelha do técnico Luiz Felipe Scolari ao colocar Maikon Leite em campo. Para seu alívio, o atacante marcou o gol da vitória.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.