Muricy Ramalho não poderá colocar força máxima em campo contra o Atlético-GO no próximo sábado, no estádio Serra Dourada

O técnico Muricy Ramalho não terá força máxima no duelo contra o Atlético-GO no próximo sábado, às 18h30 (de Brasília), no estádio Serra Dourada, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro. Apesar dos retornos de Neymar e Ganso, que estavam defendendo a seleção brasileira no amistoso contra a Alemanha, Muricy não terá a disposição o zagueiro Edu Dracena e o meia Elano, que receberam o terceiro cartão amarelo no clássico e cumprem suspensão.

Com o retorno de Ganso, o treinador não terá problemas para encontrar o substituto de Elano. Já para a vaga de Dracena, Muricy deve optar por Bruno Rodrigo ou Bruno Aguiar. O primeiro, inclusive, treinou como titular nesta semana, quando Muricy testou a equipe com três zagueiros, mas não foi escalado para o clássico.

Neymar e Ganso voltam da Alemanha na madrugada desta sexta-feira, permanecem na capital, onde descansaram no Hotel, e se juntam a deleção santista na noite de sábado, quando o elenco viaja para Goiás.

“Acho que é saber trabalhar, recuperar os jogadores, é isso que precisa ser feito. O aspecto físico é importante, precisamos trabalhar agora, não adianta forçar muito”, disse Muricy Ramalho.

Desta forma, o Santos deve enfrentar o Atlético-GO com a seguinte formação: Rafael, Pará, Bruno Rodrigo, Durval, Léo; Henrique, Arouca, Ibson, Ganso; Neymar e Borges.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.