Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Apesar do mistão, Vasco tem 3ª melhor campanha em pontos corridos

Melhor aproveitamento nas 5 primeiras rodadas foi em 2007, 11 pontos. Pior aconteceu em 2004: apenas 2 empates

Hilton Mattos, iG Rio de Janeiro |

O Vasco conquistou até aqui oito pontos em cinco rodadas pelo Campeonato Brasileiro . Foram duas vitórias, dois empates e uma derrota. Para os cruzmaltinos, fica a desculpa que o time atuou somente uma vez com sua força máxima. Antes, entrara em campo com os reservas por causa da Copa do Brasil . E, a julgar também pela campanha neste começo de campeonato, os números são razoáveis. Desde a criação do sistema por pontos corridos, esta é a terceira melhor marca do time.

Siga o iG Vasco no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

Gazeta Press
Fernando Prass defende a cobrança do pênalti gremista
O Brasileiro no modelo atual foi criado em 2003. Desde então – à exceção de 2009, quando o clube disputou a Série B -, o Vasco, na maior parte das vezes, teve aproveitamento acima de 50% nas cinco primeiras partidas. Seu melhor desempenho foi em 2007. O time somou 11 pontos, sem perder uma partida. Pela ordem, venceu América-RN e Sport, empatou com Náutico e Fluminense e derrotou o Grêmio.

Entre para a Torcida Virtual do Vasco e convide seus amigos  

A segunda melhor campanha na Série A aconteceu em 2005. Foram dez pontos, com três vitórias (Brasiliense, Botafogo e São Paulo) e um empate contra o Fortaleza. A equipe sofreu uma derrota, na quarta rodada, fora de casa, para o Juventude (4 a 1). 

Em 2009, pela segunda divisão, houve o mesmo aproveitamento. Em sua primeira participação na segundona, o Vasco, com a obrigação de fazer bonito para voltar à elite do futebol brasileiro, conquistou três vitórias seguidas: Brasiliense, Ceará e Atlético-GO. Tropeçou na sequência diante do Paraná-PR e depois empatou com o São Caetano. 

Os oito pontos somados até o momento lembram a temporada de 2006. Ali, a equipe, sob o comando de Renato Gaúcho, teve aproveitamento semelhante ao atual. Estreou empatando com o Internacional, derrotou a Ponte Preta, empatou com o Fluminense, venceu o Grêmio e perdeu para o Guarani. 

As duas piores campanhas aconteceram justamente nas duas primeiras edições. Em 2003, o time, com status de campeão estadual, achou que faria bonito no Brasileiro e decepcionou. Brigou para não cair. Dos cinco primeiros jogos, venceu somente um, o Goiás (6 a 2). A partida marcou uma das voltas de Edmundo ao Vasco. 

O atacante foi apresentado minutos antes de a bola rolar, chegando de helicóptero. Em campo, outra coisa que chamou a atenção foram os dois gols de falta de Marcelinho Carioca num mesmo jogo. Os outros resultados foram: derrotas para Guarani, Vitórias e São Paulo e empate com o Corinthians.

No ano seguinte, os números foram ainda piores: apenas dois pontos. O Vasco empatou com Atlético-MG e Grêmio e perdeu para Criciúma, Guarani e Fluminense. Nem no ano em que o clube foi rebaixado o rendimento cruzmaltino no começo da competição deixou tanto a desejar. Em 2008, o Vasco tinha sete pontos a esta altura do campeonato: estreou com derrota para o Internacional, depois venceu a Portuguesa-SP, empatou com o Botafogo, derrotou o Grêmio e empatou com o Cruzeiro.

Leia tudo sobre: vascobrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG