Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Apesar do discurso, clima no Guarani já é de rebaixado

Acho que faltou um elenco maior. No momento em que as inscrições se encerraram, a gente estava bem situado na tabela e talvez esse tenha sido nosso maior erro, avalia Mancini

Agência Estado |

Embora o discurso seja de luta até quando houver chances matemáticas de escapar do rebaixamento no Campeonato Brasileiro, o clima do Guarani já é de time rebaixado. Após a derrota para o Flamengo por 2 a 1, no último sábado, o técnico Vágner Mancini tentou, pela primeira vez, encontrar justificativas ou culpados para o fracasso.

"Acho que faltou um elenco maior. No momento em que as inscrições se encerraram, a gente estava bem situado na tabela e talvez esse tenha sido nosso maior erro. Deveríamos ter nos reforçado mais", avaliou o treinador, argumentando que faltaram opções no elenco na reta final.

Apesar de visivelmente abatido, Mancini insiste em manter o discurso de que ainda há chances de escapar do acesso. Para ele, é um momento de reflexão para jogadores, comissão técnica e diretoria, mas não desistir do campeonato. "É hora de parar e pensar no que foi feito. Não é jogar a toalha porque ainda restam seis pontos a serem disputados, mas fica a lição de que alguma coisa errada nós fizemos no caminho", concluiu.

A missão do Guarani, contudo, não é nada fácil. Além de vencer seus próximos dois jogos - contra Grêmio, em casa, e Fluminense, fora -, o time de Campinas ainda terá de torcer por tropeços de Avaí, Vitória e Atlético Goianiense. Com a derrota para o Flamengo, o time chegou ao 11º jogo sem vitórias - com quatro empates e sete derrotas. Estacionou nos 37 pontos, na 18.ª colocação.

No clima de rebaixado, surgiu a informação extraoficial de que o zagueiro Fabão, afastado por contusão, já assinou um pré-contrato com o Linense para o Paulistão de 2011. O time de Lins, dirigido por Vilson Tadei, ex-meia do São Paulo e do Grêmio, é um dos novatos na competição. Ao contrário, pelo segundo ano seguido, o Guarani vai disputar a Série A-2, equivalente à segunda divisão.

Leia tudo sobre: campeonato brasileiroguarani

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG