Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Apesar do carinho, Marquinho guarda pequena mágoa do Palmeiras

Meia do Flu disse que clube paulista foi importante na sua formação, mas podia tê-lo aproveitado melhor

Marcello Pires, iG Rio de Janeiro |

Ralff Santos/Fluminense/FC
Marquinho venceu mais do que perdeu para o Palmeiras com a camisa do Flu
Virou moda no futebol brasileiro jogador não comemorar gol ao marcar contra o ex-time ou o clube que o revelou. Foi assim com Fred na vitória do Fluminense sobre o Cruzeiro e Deivid na espetacular virada do Flamengo diante do Santos. Mas nem todos agem dessa forma. Revelado pelo Palmeiras, Marquinho anotou o gol da vitória tricolor sobre o time paulista no primeiro turno e vibrou como contra qualquer outro adversário.

O Fluminense é o 6º colocado do Brasileirão. Veja a classificação atualizada

Nesta sexta-feira, o camisa 7 do Fluminense revelou a importância do Palmeiras na construção de sua carreira e não escondeu que tem um carinho especial pelo clube paulista. No entanto, ao mesmo tempo, o meia deixou escapar uma pontinha de mágoa pelo fato de não ter sido aproveitado no Parque Antártica como ele imaginava.

Siga o Twitter do iG Fluminense e receba notícias do time em tempo real

“Aprendi muito no Palmeiras. Sai do interior do Rio Grande do Sul muito cru, não conhecia cidade grande, vivi sozinho e o clube me acolheu bem de certa forma. Fiz muitos amigos lá, pessoas que falo até hoje, mas infelizmente não fui bem aproveitado como tantos outros jogadores que passaram pelo clube”, explicou o jogador.

Apesar de não ter brilhado com a camisa verde e branca, Marquinho diz que o sentimento é especial quando enfrenta o Palmeiras, mas não diferente. Até porque com 150 jogos disputados com a camisa tricolor, a identificação com o clube das Laranjeiras hoje em dia é muito maior.

Leia também: Abel aprova atuação de Deco como volante no fim do jogo

“Não que o sentimento seja diferente, mas sei como é o clube, tenho um carinho especial. O Palmeiras me deu base, me projetou e acreditou em mim. Mas quero vencer a partida como se fosse qualquer outro clube”, afirmou o camisa 7.

Desde de que chegou ao Fluminense, em 2009, Marquinho quase sempre levou a melhor sobre o ex-clube. Nos últimos quatro jogos em Campeonatos Brasileiros, foram três vitórias e um empate

Entre na torcida virtual do Fluminense e opine sobre Marquinho


 

Leia tudo sobre: Brasileirão 2011FluminenseMarquinho

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG