Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Apesar do bom momento, Fluminense nega favoritismo no clássico

Jogadores acreditam que partida será decidida nos detalhes e que classificação já ficou no passado

Renan Rodrigues, iG Rio de Janeiro |

As últimas partidas de Fluminense e Flamengo, no meio da semana, foram totalmente opostas. Enquanto o time das Laranjeiras venceu o Argentinos Juniors por 4 a 2 e conseguiu uma classificação heroica às oitavas de final da Copa Libertadores, o Flamengo não passou de um empate com o Horizonte-CE, pela Copa do Brasil, no Engenhão. Mas nem por isso os jogadores do Fluminense acreditam que a equipe entra como favorita. Para Rafael Moura, a 'tática' é sempre de jogar o peso do favoritismo para o outro lado.

Siga o iG Fluminense no Twitter e receba informações do seu time em tempo real

"Eu lembro que dei entrevista antes do último clássico contra o Flamengo e disse que cada um jogaria o favoritismo para o outro lado. Não tem como apontar um favorito, são grandes equipes e qualquer resultado pode acontecer. Um clássico pode ser decidido nos detalhes. Então, precisamos estar ligados. Enfrentar o rival é muito bom, mas não adianta ficar falando que vai fazer três gols, que vai vencer, tem que entrar em campo e fazer", disse Rafael Moura.

Quem também pensa da mesma forma é o técnico interino do Fluminense, Enderson Moreira. Para o comandante, apesar do clima especial para o clássico, a preparação da equipe será feita  da mesma forma que em outros jogos.

"Eu me lembro que ouvi falar sobre Fla-Flu quando era criança. Depois, mais velho, assisti a muitos clássicos cariocas. São partidas inesquecíveis, com jogadores sensacionais e é muito difícil dizer que um time ou outro é favorito. Mas apesar da partida especial, trato qualquer jogo com a mesma responsabilidade e com o mesmo envolvimento. Sabemos que do outro lado há profissionais qualificados" disse Enderson.

Fluminense e Flamengo se enfrentam neste domingo, às 16h, no estádio Engenhão, pela semifinal da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca. No primeiro confronto entre as equipes no ano, a partida terminou empatada em 0 a 0 e ficou marcada pela saída do técnico Muricy Ramalho, atualmente no Santos.

Leia tudo sobre: fluminensecampeonato carioca 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG