Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Apesar de vitória, Oswaldo de Oliveira critica atuação do Botafogo

Treinador acredita que o jogo poderia ser mais fácil e que foi a pior apresentação do time em uma partida com vitória

AE |

selo

Embora o Botafogo tenha vencido o Volta Redonda por 3 a 1, no último domingo, em São Januário, e conquistado a sua segunda vitória em dois jogos nesta Taça Rio, o técnico Oswaldo de Oliveira não escondeu a sua insatisfação com a atuação dos seus comandados. Para o treinador, o triunfo poderia ter vindo de forma mais tranquila se o ataque não tivesse desperdiçado tantas oportunidades de marcar gols.

Leia também: Botafogo bate Volta Redonda e segue 100% na Taça Rio

"Foi o pior jogo dos que nós ganhamos. A vitória poderia ter sido mais fácil pelas oportunidades que criamos, mas isso é muito abstrato. Vale a bola que entra. Não tivemos o capricho necessário na hora da finalização. O nosso primeiro gol acabou dando um pouco de tranquilidade em demasia. No segundo tempo, conseguimos reabilitar os jogadores e a equipe voltou a apresentar as condições necessárias para a vitória", analisou o comandante, em entrevista coletiva.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Oswaldo também minimizou o peso das chances perdidas por Herrera, compensadas por dois gols marcados pelo próprio atacante argentino no confronto. "Vejo os caras do Barcelona perderem gols assim também. O Herrera perdeu algumas chances, mas acabou fazendo os dois gols principais do jogo. Ele teve quatro grandes oportunidades e aproveitou duas, então, para mim, ele foi bem", analisou.

Confira ainda: Loco Abreu admite atuação ruim, mas exalta triunfo do Botafogo

Fellype Gabriel é internado
Depois do jogo do último domingo, o meia Fellype Gabriel foi encaminhado ao Hospital Quinta D’Or, em São Cristóvão, zona norte do Rio, por causa de uma forte cotovelada que levou na cabeça. Por causa dela, ele foi obrigado a deixar o campo após se sentir mal em dois momentos do confronto.

Submetido a uma tomografia, o atleta não apresentou qualquer tipo de problema, mas acabou dormindo no hospital por precaução. Ele ficaria no local em observação e passaria por novos exames antes de ganhar alta nesta segunda-feira.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG