Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Apesar de vibrar com vaga, Renato admite erros no Grêmio

Técnico disse que equívocos infantis precisam ser corrigidos para ter sucesso na Libertadores

Hector Werlang, iG Porto Alegre |

A entrevista coletiva de Renato Gaúcho, após a classificação do Grêmio para o Grupo 2 da Libertadores, foi um misto de vibração e preocupação. Ao mesmo tempo em que comemorou e parabenizou os jogadores por vencerem e eliminarem o Liverpool, na noite desta quarta-feira, o treinador admitiu erros e a necessidade de melhorar para buscar o tri da América.

“Foi uma atuação de altos e baixos, mas a classificação não esconde os erros. Foram muitos passes errados e precisamos melhorar”, analisou o treinador.

Renato não quis revelar quais equívocos precisarão ser corrigidos. Disse que preservaria o grupo, porém, classificou alguns de infantis e fatais numa Libertadores. Para ele, a causa foi o excesso de vontade em acertar e fazer o resultado.

Ao avaliar os adversários do Grupo 2, o Oriente Petrolero (Bolívia), Junior de Barranquilla (Colômbia) e León de Huánuco (Peru), Renato lembrou o exemplo da eliminação do Corinthians para o Tolima, um rival menos expressivo.
“Teoricamente não perderemos nenhum jogo, mas a prática é diferente. Todos querem passar. Não existe jogo fácil”, disse Renato.

A preparação para enfrentar o Oriente Petrolero, dia 17, no Olímpico, já começou. O auxiliar Andrey Lopes irá a Bolívia observar o rival.

Leia tudo sobre: GrêmioLibertadores

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG