Tamanho do texto

Departamento jurídico do clube do Morumbi quer reverter nesta quarta-feira a pena imposta pelo TJD-SP ao atacante

AE
Willian José é o artilheiro do São Paulo na temporada
Após conseguir a liberação do meia-atacante Lucas para o clássico contra o Palmeiras , o São Paulo enfrenta uma nova batalha fora de campo. Agora, o departamento jurídico do clube do Morumbi trabalha para reverter a pena do TJD-SP (Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo) imposta ao atacante Willian José .

Por conta da expulsão na vitória contra o Paulista de Jundiaí, no último dia 16, o camisa 19 pegou dois jogos de gancho – ele já cumpriu um jogo contra o Bragantino - e está suspenso da partida contra o Guaratinguetá, nesta quinta-feira, no Estádio do Morumbi, pela 11ª rodada do Campeonato Paulista.

Leia mais: Leão diz que altura da trave impediu vitória contra o Palmeiras

“Temos esperança de conseguir um efeito suspensivo para o Willian José. A punição aplicada pelo tribunal não é justa. O jogador é réu primário e nosso departamento jurídico está trabalhando para resolver essa questão ainda nesta quarta-feira”, disse João Paulo de Jesus Lopes, vice-presidente de futebol do São Paulo , ao iG .

Na última terça-feira, em entrevista coletiva no Centro de Treinamento da Barra Funda, Emerson Leão reclamou da decisão do TJD-SP. Artilheiro da equipe na temporada com oito gols, Willian José é peça fundamental no esquema de jogo do treinador.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

“O Willian não fez o que disseram que ele fez. Ele não merecia a punição. Com todo respeito, quem mais errou e agrediu outro jogador foi o João Filipe e ele tomou só um jogo”, disse o treinador, citando a expulsão do zagueiro são-paulino no clássico contra o Corinthians.

Veja também: Luis Fabiano treina e deixa o técnico Leão esperançoso

“Quem sabe ocorra igual ao que ocorreu com o Andrés Sanchez e o Tribunal diga que se expressou mal e volte atrás na decisão sobre o Willian José . Mas o jogo é na quinta-feira e isso precisa ser resolvido na quarta”, acrescentou.

Caso o TJD-SP não aceite o pedido do São Paulo, Emerson Leão deve escalar o meia-atacante Cícero como centroavante. Na partida contra o Bragantino, o camisa 16 atuou improvisado no setor e marcou dois gols.

Entre para a torcida virtual do São Paulo: