Tamanho do texto

"Pelo que fizemos no segundo tempo, merecíamos um empate", disse o treinador do time do Paraná sobre a derrota para o Corinthians

Cinco minutos de apagão no início do primeiro tempo e o Atlético-PR tomou dois gols diante do Corinthians e viu as chances de vencer o jogo no Pacaembu extremamente reduzidas, desperdiçando uma oportunidade de somar pontos na luta contra o fantasma da degola do Campeonato Brasileiro. O técnico Antônio Lopes creditou as falhas ao nervosismo, mas ainda assim acredita que o resultado foi injusto.

Atlético-PR briga para não cair. Veja a classificação do Brasileirão 2011

"No primeiro tempo estávamos muito nervosos. Eles fizeram uma boa marcação no campo do ataque, anularam a nossa saída da defesa para o ataque e isso fez com que o time não fosse bem. No segundo tempo, acho que merecíamos pelo menos um empate", disse o Delegado, que relembrou lances de perigo criados pelo Furacão. "Tivemos duas bolas na trave, uma com Paulo Baier e outra com Nieto. De qualquer forma, pelo que fizemos no segundo tempo, merecíamos um empate", completou.

Fotos do duelo entre Corinthians x Atlético-PR:

O treinador segue confiante na salvação da equipe, projetando vitórias contra os adversários diretos. "Ainda temos pontos para disputar. Dois jogos em casa e dois jogos fora. Matematicamente estamos disputando. Se matematicamente não tivéssemos mais chances, tudo bem, mas ainda temos dois compromissos diretos (América-MG e Cruzeiro)", avaliou.

Porém, além dos times brigando contra o rebaixamento, Lopes espera tirar pontos contra times que fazem campanhas muito superiores. "A projeção é de ganhar, tanto o contra o São Paulo, mas também contra o Coritiba, que também é em casa. Nossa projeção é vencer estes dois jogos. Depois temos dois jogos e a intenção é somar pontos contra o Cruzeiro e contra o América-MG", concluiu.