Meia acha que Fluminense ainda tem chances de avançar na Taça Rio, mas pede foco maior nas partidas

Nelson Perez/FluminenseF.C.
Deco acha que Fluminense menosprezou o Macaé na derrota de 3 a 1
A pesada derrota de 3 a 1 para o Macaé no último sábado talvez tenha surpreendido muitos torcedores do Fluminense. O elenco estelar, recheado de reservas de luxo que poderiam atuar em grandes equipes não foi páreo para Pipico e cia. Um jogador da equipe carioca, porém, garante que não ficou surpreso com o resultado negativo no estádio de Moça Bonita. Para o meia Deco, o time das Laranjeiras não respeito o adversário suficientemente.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Futebol é isso, se você não entrar sabendo que tem que fazer o melhor, respeitando quem está do outro lado, se não imprimir um ritmo forte, pode ter problemas. Aconteceu isso, não entramos na melhor forma e levamos os gols. Se você não respeitar, vai acabar tendo problemas", disse o jogador do Fluminense.

Leia mais: Deco comemora fase sem lesões, mas pede mudança no calendário

A derrota derrubou ainda mais o time comandado por Abel Braga na tabela de classificação. Na quinta colocação, com apenas três pontos em quatro partidas. Mas diferente do meia Wagner, que deixou a partida contra o Macaé 'jogando a toalha' e dizendo que o time já não tinha mais chances, Deco prefere se apegar aos números para acreditar na classificação às semifinais da Taça Rio.

Veja mais: Deco nega insatisfação com substituições: "Vocês reparam demais"

"Enquanto tivermos condições de nos classificarmos temos a obrigação de tentar, não tem como. Só vamos desistir quando não tiver mais nenhum jeito. Se tem chance ainda, vamos jogar com vontade de se classificar. Até porque é mais fácil ganhar esse turno de novo que disputar uma final em jogo único", lembrou o meia sobre a chance do Fluminense ser campeão antecipadamente.

Ajude o time do Fluminense a subir no ranking da Torcida Virtual

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.