Mesmo com a eliminação ainda na primeira fase da competição, o técnico Reinaldo Rueda foi elogiado

O diretório e a comissão de seleções da FEF (Federação Equatoriana de Futebol) ratificaram nesta quarta-feira por unanimidade a manutenção do colombiano Reinaldo Rueda como técnico da seleção local, apesar da recente eliminação ainda na primeira fase da Copa América .

"Todos confiamos no profissionalismo e na qualidade do trabalho do professor Rueda para tê-lo ratificado", afirmou à imprensa o presidente da FEF, Luis Chiriboga, após a análise do relatório apresentado pelo técnico sobre a participação da equipe no torneio continental.

No entanto, Chiriboga ressaltou que é preciso que haja melhores resultados a partir de agora, principalmente nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2014, que começarão em outubro deste ano.

"De agora em diante, haverá reuniões permanentemente, todas as segundas-feiras, com a comissão de seleções na 'Casa da seleção', em Quito, para avaliar o planejamento", destacou.

Rueda teve que suportar duras críticas pela decepcionante participação do Equador na Copa América, na qual terminou sua participação como lanterna do grupo B, com apenas um ponto, depois de ter empatado com o Paraguai em 0 a 0 e perdido para Venezuela, por 1 a 0, e Brasil, por 4 a 2.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.