Atacante não fazia um gol desde o dia 19 de março, quando converteu pênalti contra o Funorte

O jejum do atacante Wellington Paulista chegou ao fim na Arena da Baixada na derrota por 2 a 1 para o Atlético-PR . O estádio de Curitiba parece fazer bem ao atacante do Cruzeiro , já que ele havia marcado também de cabeça no Brasileirão do ano passado. O gol representou o fim de um período de quase cinco meses sem balançar as redes.

Siga o iG Cruzeiro no Twitter e receba todas as informações do seu time

Em 2010, Wellington Paulista havia marcado na vitória de 2 x 0 sobre o Atlético-PR, na estreia do técnico Cuca no comando do time mineiro. O cruzamento havia sido de Thiago Ribeiro. Dessa vez, foi Vítor quem encontrou o centroavante, que subiu com estilo novamente para empatar a partida.

Veja a classificação e a tabela de jogos do Brasileirão

Entre para a Torcida Virtual do Cruzeiro e convide seus amigos

Na comemoração, o jogador exibiu uma camisa com os dizeres “Fala demais”. Perguntado se seria uma espécie de resposta a Felipão, que disse que o atacante não se dedicou o suficiente no Palmeiras , Wellington Paulista desconversou. “Foi para os meus amigos da Mooca (bairro paulista). Tenho um amigo que não para de falar. Aí veio essa história do Felipão e decidi fazer essa brincadeira”, disse o camisa 9. Apesar do gol, o atacante parecia indignado com o resultado final da partida. "Jogar com um a menos acabou complicando para nós. Muita pressão do time e da torcida. Agora é levantar a cabeça porque não jogamos mal", disse o centroavante.

A última vez que Wellington Paulista havia marcado um gol foi na partida contra o Funorte, ainda no Campeonato Mineiro, em 19 de março. O Cruzeiro venceu por 3 a 0 e o atacante marcou de pênalti na ocasião.

Apesar do gol na Arena da Baixada, Wellington Paulista ainda tem números tímidos nessa temporada. Foram apenas quatro gols em 2011. O gol na Arena da Baixada foi o primeiro do atacante depois de retornar de empréstimo frustrado ao Palmeiras .null

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.