Meia argentino elogia elenco do Flu e diz que a esperança de conquistar o título nunca vai se acabar

Manuel Lanzini disputou apenas três partidas em 36 dias de Fluminense . O tempo é curto e a convivência com os companheiros mínima, mas o suficiente para o novo camisa 11 perceber a qualidade do elenco tricolor. Por essa razão, o jovem de 18 anos, que trocou a segunda divisão do Campeonato Argentino com o River Plate para fazer jus ao apelido de “A Joia” no futebol brasileiro, aposta numa arrancada do atual campeão brasileiro no segundo turno do Brasileirão.

Veja a classificação e a tabela de jogos do Brasileirão

“As coisas não saíram como queríamos nos últimos jogos, mas não fizemos partidas ruins. A esperança nunca se perde. Temos uma boa equipe. Futebol é assim. Vamos perder, ganhar ou empatar. Temos a consciência tranquila de que fizemos de tudo por um resultado melhor”, afirmou

O meia argentino não está sozinho nessa. O presidente Peter Siemsen também acredita numa arrancada e aposta no espírito de guerreiros da equipe tricolor para ainda sonhar com o segundo título brasileiro consecutivo.

“Já mostramos no passado recente que somos capazes de operar alguns milagres. Infelizmente o Abel chegou com o campeonato em andamento e ainda não teve tempo para encontrar sua equipe ideal. Mesmo assim confio em uma arrancada forte no segundo turno para partirmos rumo ao título”, disse Peter Siemsen.

Siga o Twitter do iG Fluminense e receba notícias do time em tempo real

Mas a tarefa do atual campeão brasileiro não será das mais fáceis. Ocupando apenas a nona colocação com 25 pontos, 12 a menos do que o líder Corinthians, o técnico Abel Braga terá dois desfalques importantes para o clássico contra o Botafogo , sábado, às 18h, no Engenhão, pela 19ª rodada.

O volante Valencia, que deixou o gramado na Vila Belmiro com dores na coxa esquerda e já foi vetado, e o apoiador Marquinho , que recebeu o terceiro cartão amarelo contra o Santos . Por outro lado, Abel deverá ter o retorno de Márcio Rosário , que cumpriu suspensão contra a equipe santista.

Entre para a Torcida Virtual do Fluminense ou do Santos e convide seus amigos

Ciente da irregularidade da equipe e dos problemas para o jogo de domingo, Abel reconhece que a pressão do torcedor só vai acabar com uma sequência de bons resultados.

“A pressão por resultados vai existir sempre. No futebol, você trabalha com pressão em clube grande ou vai para um clube pequeno. Estamos jogando bem, mas nada disso adianta se não ganhamos os três pontos. Eu quero os três pontos”, disse o treinador.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.