Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Apelidado de Messi Berola, jogador do Atlético-MG quer artilharia

Com três gols no Estadual, Neto Berola sonha em ser goleador depois do apelido dado pelos torcedores

Victor Martins, iG Belo Horizonte* |

Autor de três em três partidas do Campeonato Mineiro, Neto Berola está na frente na briga pela vaga do suspenso Diego Tardelli, para o jogo do Atlético-MG contra o Guarani. Além do bom momento que atravessa, o jogador de 23 anos tem com trunfo o carinho do torcedor atleticano. O jeito rápido e atrevido em campo lhe rendeu o apelido Messi Berola.

Neto entra na onda da torcida e quer mostrar em campo que pode ser titular do Atlético-MG. O atacante quer mostrar contra o Guarani que tem condição de permanecer no time mesmo com Diego Tardelli em condição de jogo.

“Esse negócio de Messi Berola é brincadeira da torcida. É bom ser comparado com o Messi. Mas tenho de deixar isso de lado e fazer o meu trabalho dentro campo, para poder ver se dá resultado”.

Com três gols no Estadual, Neto Berola até já sonha com a artilharia da competição. No momento ele está atrás de Diego Tardelli (quatro gols) e Fábio Júnior (cinco gols). Mas como deve jogar domingo, vai ter mais uma boa oportunidade de fazer gols.

“Estou ali juntinho deles. Se jogar no próximo jogo, vou tentar marcar para ficar pertinho do artilheiro”.

Como não é centroavante, Neto Berola vai ter mais dificuldade nesta disputa com Tardelli e Fábio Júnior. Aí o jogador incorpora o apelido dado pela torcida, e quer fazer nos campos mineiros o que Messi tem feito pela Europa, muitos gols.

“A concorrência é muito grande, tem grandes atacantes. Tem o Fábio Júnior, Diego Tardelli, Magno Alves. Mas o mais importante é o Atlético sair campeão. Se der para eu ser artilheiro, vai ser bom”

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG