Meia francês contará com o apoio de um motorista para superar a distância emtre Londres e Birmingham, na Inglaterra

O meia francês Robert Pirès foi contratado pelo Aston Villa e precisará se deslocar 400km por dia para treinar na sua nova equipe, cuja sede fica em Birmingham. Isto porque o jogador de 37 anos recusa-se a mudar de Londres, cidade em que se instalou quando defendeu o Arsenal, entre 2000 e 2006.

Pirès contará com o apoio de um chofer para superar a distância de quase 200km entre as duas cidades. "Tem jogadores que fazem esta jornada de helicóptero. Eu tenho sorte o bastante para ter um motorista e não vou incomodar ninguém", afirmou o camisa 8, em entrevista ao jornal The Sun .

"Isto não me causará inconvenientes. Toda manhã eu saio às 8 horas e por volta das 9h30, 9h45 eu já estou treinando em campo. Tenho tempo para ficar pronto e treinar nas melhores condições possíveis", assegurou o apoiador ex-Metz, Olympique de Marselha, Villareal e seleção francesa.

Antes de fechar com o Aston Villa, em maio, Pirès recebeu uma proposta de um time da Filadélfia para atuar nos Estados Unidos. Porém, o meia sequer prosseguiu com as negociações, alegando que gostaria de morar em uma "cidade bonita".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.