Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Ao prever marcação contra o Grêmio, Celso Roth alfineta São Paulo

Técnico negou ter problemas de relacionamento com colega de profissão Adilson Batista

Hector Werlang, iG Porto Alegre |

nullMesmo dois dias depois da vitória do Grêmio , Celso Roth voltou a criticar o São Paulo. Desta vez, o clube do Morumbi foi usado como exemplo do que o time gaúcho, ao aproveitar a boa fase de três vitórias seguidas, não deve fazer no Brasileirão.

Entre para a Torcida Virtual e convide seus amigos

Twitter iG Grêmio: Notícias e comentários em tempo real

Siga o perfil iG São Paulo no Twitter e recebe informações diariamente

“Todas as equipes vão nos marcar mais agora, ou seja, precisamos continuar evoluindo. O São Paulo veio aqui com a soberba do São Paulo. É natural dele. O que aconteceu? Perdeu. Saiu com a cara baixa, todo desanimado”, comparou o treinador em entrevista coletiva nesta terça-feira.

A alfinetada foi espontânea. Nenhum jornalista citou o São Paulo. Isto também aconteceu na entrevista de domingo, após a partida, na qual Roth fez reparos às atuações e ao trabalho de Adilson Batista. Perguntado sobre o assunto, o comandante gremista negou ter problemas de relacionamento com o colega de profissão:

“Não tem nada disso. A boa campanha do São Paulo é fruto do trabalho do técnico anterior (Paulo Cesar Carpegiani), temos que lembrar disso. É um time que está ganhando e muitas vezes não se entende porque. O São Paulo não vem enchendo os olhos. Ou eu estou dizendo algo estranho?”.

O comportamento de Roth contrariou a própria personalidade. Normalmente, o técnico é comedido ao comentar colegas de profissão ou times adversários.

O Grêmio volta a treinar na tarde de quarta-feira. No sábado, enfrenta o Vasco, no Rio de Janeiro.

Leia tudo sobre: grêmiobrasileirão 2011celso rothsão paulo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG