Paraguaios priorizam pressão em busca da vaga e vão mandar o jogo de volta no acanhado Olla Azulgrana

Diferentemente do Santos , que abriu mão da Vila Belmiro em troca de uma melhor renda no estádio do Pacaembu na partida de ida, o Cerro Porteño priorizou a pressão contra a equipe santista ao dispensar a possibilidade de mandar o jogo de volta das semifinais da Copa Libertadores no estádio Defensores del Chaco. O Cerro confia no Olla Azulgrana, conhecido como "panela de pressão", para superar os santistas nesta quarta-feira , a partir das 21h50.

Os Defensores del Chaco tem capacidade para 37 mil pagantes, enquanto o Azulgrana recebe no máximo 27 mil pessoas. A ideia do Cerro é sufocar o time brasileiro devido a proximidade dos torcedores com o gramado.

Para o administrador do Defensores del Chaco, Bernadino Cavallero, além de querer sufocar o Santos, o Cerro Porteño também decidiu mandar a partida no Azulgrana para não pagar o aluguel do estádio e repassar parte da renda para a Liga Paraguaia de Futebol, que administra o Defensores.

O Cerro abriu mão de jogar no Defensores del Chaco e quer pressionar o Santos em um estádio menor
Samir Carvalho
O Cerro abriu mão de jogar no Defensores del Chaco e quer pressionar o Santos em um estádio menor


“O Cerro também perde em número de torcedores, mas ganha tecnicamente. No ano passado, reformaram o estádio e aumentaram a capacidade. Tanto que não mandaram nenhum jogo da Libertadores deste ano no Defensores del Chaco”, afirmou o administrador.

Embora receba jogos, o estádio administrado pela Liga Paraguaia passa por reformas, e após o amistoso entre Paraguai e Chile, no próximo dia 23, ficará fechado por cerca de dois meses para finalização das obras. Além da instalação de novas cadeiras, estão sendo realizadas alterações na sala de imprensa e nos vestiários.

Cerro pode prejudicar rival Olímpica

Além do jogo entre Cerro Porteño e Santos, outro assunto bastante comentado em Assunção, é a decisão do primeiro turno do Campeonato Paraguaio. Isso porque, o Cerro pode prejudicar o rival Olímpia.

O adversário do Santos recebe o Nacional na última rodada da competição. Uma vitória dos visitantes faz o Olímpia perder o título, já que o rival do Cerro está dois pontos atrás do Nacional.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.