Tamanho do texto

"Mago" admite que ainda não mostrou o futebol com o qual conquistou a torcida do Palmeiras

O Palmeiras só deve ter os três principais ídolos do elenco juntos neste sábado, contra o São Caetano . No último ano na carreira e em busca de força muscular, Marcos faz trabalhos de musculação para estar perto dos 100% nas fases finais do Paulista . Já Valdivia , também longe de sua plenitude física e técnica, provoca o amigo por preferir entrar em forma jogando e alcançar o nível de Kleber .

"Prefiro não planejar, quero viver dia a dia, aproveitar os treinos do Anselmo (Sbraglia, preparador físico do clube). Prefiro aproveitar ao máximo os jogos, descansar, treinar. Se o Marcão falou isso é porque está 'véio' também", sorriu o chileno, provocando o amigo.

O "Mago" admite que ainda não mostrou o futebol com o qual conquistou a torcida em sua primeira passagem pelo clube, entre 2006 e 2008. O camisa 10, entretanto, foi decisivo nos dois últimos jogos, tanto na virada sobre o Noroeste quanto na vitória sobre o São Bernardo.

As últimas atuações provam que a teoria dele está correta. Embora tenha estreado depois dos colegas na temporada, quase um mês depois da estreia do time na temporada, o meia está certo de que só evoluirá inclusive fisicamente entrando em campo.

"Estou me sentindo melhor, com mais confiança, até consegui fazer gol de falta", argumentou Valdivia, lembrando do feito contra o Noroeste. "Acredito que ainda não estou no nível ótimo que estou esperando, mas tem muito jogo pela frente pelo Paulista, pela Copa Brasil, pelo Brasileiro. Espero alcançar meu futebol por 90 minutos."

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.